PUBLICIDADE

Mundo

Espanha aprova 800 milhões de euros em subsídios para hidrogênio verde

9 jul 2024 - 10h44
Compartilhar
Exibir comentários

O governo espanhol aprovou subsídios no valor de quase 800 milhões de euros para grandes projetos de hidrogênio verde, disse nesta terça-feira a ministra da Energia, Teresa Ribera.

A Espanha está competindo para ser líder na Europa em hidrogênio verde -- hidrogênio produzido a partir de eletricidade renovável -- aproveitando a abundante luz solar e os ventos para produzir energia limpa.

Os subsídios, em um total de 794 milhões de euros, irão para sete projetos considerados pela Comissão Europeia como de valor regional e com uma capacidade global de eletrólise de 652 megawatts (MW), disse Ribera aos jornalistas.

Os projetos vão estimular investimentos de mais de 6 bilhões de euros ao longo de sua vida, segundo o ministro.

Os subsídios apoiarão projetos que produzam hidrogênio verde perto de seus consumidores, disse Ribera. Eles incluem projetos em cinco dos chamados vales de hidrogênio na Espanha, que são grandes centros industriais que integram a produção de hidrogênio verde e sua utilização, como na fabricação de fertilizantes ou no fornecimento de energia a refinarias.

O hidrogênio verde é visto como fundamental para descarbonizar a economia da Europa no futuro. No entanto, dado seu custo, os projetos em geral não são competitivos sem subsídios.

Cerca de 40% dos fundos irão para dois projetos geridos pela petrolífera Repsol, cada um com capacidade de eletrólise de 100 MW.

Quase um terço, ou 242 milhões de euros, irá para a concessionária espanhola Iberdrola, em projetos em Puertollano, no centro-sul da Espanha, para desenvolver 220 MW de capacidade de eletrólise.

A companhia, a maior empresa de serviços públicos da Europa, reduziu em março suas ambições de hidrogênio verde em quase dois terços, após atrasos na obtenção de financiamento para alguns projetos que havia anunciado.

O projeto de estratégia climática da Espanha estabelece uma meta para 2030 de 11 gigawatts (GW) para eletrolisadores, acima dos 4 GW anteriores.

Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade