0

Em meio a protestos, Senado da Argentina vota orçamento

Vários sindicatos e movimentos sociais convocaram manifestações

14 nov 2018
19h56
atualizado às 20h42
  • separator
  • comentários

O Senado argentino vota nesta quarta-feira (14) o orçamento para 2019, com o objetivo de alcançar um equilíbrio fiscal que assegure ao país o empréstimo de US$57 bilhões acertados com o Fundo Monetário Internacional (FMI).
    A estimativa é que a discussão dure cerca de 12 horas, principalmente porque o processo ocorre em meio a uma forte rejeição da população.
    Diversos sindicatos e movimentos sociais convocaram manifestações ao redor do Congresso, mas a expectativa é que sejam menos numerosos que as do último dia 24 de outubro, quando o projeto foi aprovado na Câmara dos Deputados em meio a protestos.
    Visando a reeleição em 2019, Macri se comprometeu a cortar seu déficit fiscal primário de uma previsão de 2,7 por cento do Produto Interno Bruto (PIB) em 2018.

Em meio a protestos, Senado da Argentina vota orçamento
Em meio a protestos, Senado da Argentina vota orçamento
Foto: EPA / Ansa - Brasil
Ansa - Brasil   

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade