0

Em meio a negociações, Papa faz novo apelo para Venezuela

Francisco pediu "acordo que ponha fim ao sofrimento do povo"

14 jul 2019
10h33
atualizado às 10h45
  • separator
  • 0
  • comentários

O papa Francisco renovou neste domingo (14), durante a celebração do Angelus na Praça São Pedro, Vaticano, seus apelos pela paz na Venezuela.

Papa Francisco celebra Angelus no Vaticano
Papa Francisco celebra Angelus no Vaticano
Foto: ANSA / Ansa - Brasil

"Mais uma vez desejo exprimir proximidade ao amado povo venezuelano, particularmente em prova por causa do perdurar da crise. Oremos para o Senhor inspirar e iluminar as partes em causa, para que elas possam chegar o quanto antes a um acordo que ponha fim ao sofrimento do povo, pelo bem do país e de toda a região", disse.

O apelo chega em meio à retomada das negociações entre delegações do presidente em exercício Nicolás Maduro e do autoproclamado presidente Juan Guaidó. A terceira rodada de tratativas, que são mediadas pela Noruega, ocorreu na ilha de Barbados e terminou na última sexta-feira (12).

O governo e a oposição concordaram em constituir uma "mesa que trabalhará de modo contínuo e veloz". "O objetivo é chegar a uma solução concordada no quadro das possibilidades que a Constituição oferece", diz um documento divulgado após o fim da reunião.

A Venezuela já enfrenta vários anos de crise política, social e econômica, que se agravou em janeiro passado, quando Guaidó, presidente da Assembleia Nacional, o parlamento sem poderes dominado pela oposição, se autoproclamou presidente interino do país por não reconhecer o segundo mandato de Maduro.

Guaidó é reconhecido como chefe de Estado legítimo por cerca de 50 países, incluindo Brasil e Estados Unidos, mas Maduro ainda é considerado presidente pela maior parte das nações, com destaque para Rússia, China e Turquia.

Ansa - Brasil   
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade