PUBLICIDADE

Draghi e Zelensky debatem sanções à Rússia e desbloqueio de portos

22 mai 2022 09h35
| atualizado às 10h23
ver comentários
Publicidade

O primeiro-ministro da Itália, Mario Draghi, conversou no último sábado (21) com o presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, para debater os últimos desdobramentos da guerra russa.

Presidente da Ucrânia agradeceu apoio da Itália
Presidente da Ucrânia agradeceu apoio da Itália
Foto: ANSA / Ansa - Brasil

Segundo nota divulgada pelo Palazzo Chigi, Draghi garantiu o apoio constante da Itália à Ucrânia e falou sobre a necessidade da aprovação do sexto pacote de sanções contra a Rússia, responsável por iniciar o conflito no território ucraniano desde 24 de fevereiro.

O premiê italiano também discutiu a urgência de desbloquear os portos e ao apoio à entrada da Ucrânia na União Europeia (UE).

O líder ucraniano, por sua vez, "agradeceu" Draghi pelo "apoio incondicional à jornada da Ucrânia em direção à União Europeia".

"Tive uma conversa telefônica com Mario Draghi por iniciativa dele. Discutimos a cooperação em defesa e a necessidade de acelerar o sexto pacote de sanções e desbloquear os portos ucranianos", escreveu Zelensky no Twitter.

O presidente ucraniano tem acusado a Rússia de bloquear a exportação de cerca de 22 milhões de toneladas de produtos alimentícios e alertou que, se seus portos não forem desbloqueados, muitos países enfrentarão uma crise alimentar.

Nesta semana, em meio às preocupações com a crise alimentar no mundo por causa da guerra, a Rússia chegou a afirmar que condicionará a abertura dos portos no Mar Negro à suspensão das sanções aplicadas pelo Ocidente.

Ansa - Brasil   
Publicidade
Publicidade