1 evento ao vivo

De Cocozão a Sexo Oral: veja 20 monumentos curiosos no mundo

Criatividade é o que não falta em algumas obras espalhadas nos quatro cantos do planeta; conheça algumas das mais engraçadas e curiosas

26 ago 2014
10h26
atualizado às 10h41
  • separator
  • comentários

Quase todo mundo adora viajar, conhecer novos lugares, experimentar comidas diferentes, ver belas paisagens, conhecer pessoas... Enfim, expandir os horizontes. Algo que sempre conhecemos em viagens são estátuas e monumentos que enfeitam as cidades e museus – e que contam muito sobre a História daquele povo.

Porém, algumas obras espalhadas pelo mundo são, no mínimo, curiosas. Conheça uma seleção de monumentos bizarros, que vão desde o “Cocozão” de Ponta Grossa, no Brasil, até uma praça de estátuas em posições sexuais na Coreia do Sul. 

Com informações e fotos dos sites The Richest, Fiz-x, Gizmodo, Oddee e Travel Land Leisure.

Monumento a La Trobe - Melbourne, Austrália 

Foto: Oddee / Reprodução
Este monumento contemporâneo foi feito em homenagem a Charles Joseph La Trobe, o primeiro tenente-governador da colônia Vitória, atual estado da Austrália. O estranho é que a estátua está inteira de cabeça para baixo. Anteriormente colocado no centro da cidade de Melbourne, foi removido deste local em junho de 2006 e transferido para a Universidade La Trobe, onde está exibido atualmente. (Foto: Reprodução/Oddee)

Garoto Urinando (Manneken Pis) - Bruxelas, Bélgica

Foto: Travel Land Leisure / Reprodução

A estátua, em si, não tem nada muito bizarro. É apenas um garotinho fazendo xixi. Porém, existem várias histórias em torno deste monumento que é um dos cartões postais de Bruxelas. Com apenas 30 centímetros, a estátua de bronze foi feita por Jerôme Duquesnoy e exposta ao público em 1619. Há muitas histórias sobre seu significado: uns dizem que é uma ironia diante da falta de água potável na região. Outros acreditam que ela foi uma homenagem a um filho de um duque do século XVII, encontrado urinando em meio a conflitos violentos militares no país. Nas datas festivas, o menino de bronze recebe vestimentas especiais – seu “guarda-roupa” tem mais de 100 looks diferentes. (Foto: Reprodução/Travel Land Leisure)

Agulha de Jan Fabre - Leuven, Bélgica

Foto: Fiz-x / Reprodução

Você já viu uma coleção de insetos, com moscas e besouros espetados com alfinetes? Inspirado nisso, o artista belga Jan Fabre fez uma escultura enorme, de 23 metros, com um besouro gigante espetado por uma ‘agulha’. O monumento se encontra no pátio da Biblioteca da Historic University, em Leuven, na Bélgica. (Foto: Reprodução/Fiz-x)

Monumento dos Campos Gerais - Ponta Grossa, Paraná

Foto: Fiz-x / Reprodução

Este monumento não existe mais, porém ainda é lembrado, quando o tema é obras estranhas pelo mundo. O “Monumento dos Campos Gerais” ficava na cidade de Ponta Grossa, Paraná, em frente à Universidade Estadual de Ponta Grossa, e foi apelidado pelos moradores de “Cocozão”. A obra – que teve um custo de R$ 100 mil – foi uma tentativa do artista de homenagear as formações rochosas da região, mas a aparência acabou ficando bastante estranha. O monumento foi incendiado em fevereiro de 2009 e, por isso, retirado do local. (Foto: Reprodução/Fiz-x)

Parque de Esculturas Submarinas Molinere - Granada, Mar do Caribe 

Foto: Reprodução

Essa série de esculturas em águas claras da costa de Granada tem uma característica bastante incomum: é acessível apenas para mergulhadores (embora também possa ser vista por barcos com fundo de vidro). O escultor Jason de Caires Taylor criou as obras em cimento, retratando diferentes figuras humanas em vários grupos e em diversas poses. É o primeiro parque de esculturas subaquáticas do mundo, que também serve como um recife artificial e tem como objetivo promover a conscientização da conservação. (Foto: Reprodução/The Richest)

Pilar Celestial (Sky Pillar) - Changchun, China

Foto: Oddee / Reprodução

O maior pênis do mundo, com certeza, é chinês: com quase 10 metros, o monumento chamado Pilar Celestial se tornou um forte atrativo turístico à cidade de Changchun, no nordeste do país. A cidade exibe a obra fálica no Parque Longway Shaman Amusement. Segundo dizem, o Pilar Celestial faz alusão a uma lenda que conta a história de um herói, que presenteou uma cruel governadora com um Totem em forma de pênis (como este exibido no local) para passar a respeitar os homens e não matá-los. (Foto: Reprodução/Oddee)

Terra do Amor (Love Land) - Ilhas Jeju, Coreia do Sul

Foto: Oddee / Reprodução

As Ilhas Jeju são conhecidas por ser um dos destinos preferidos para a lua-de-mel na Coreia do Sul e na região. Por causa disso, a atmosfera local é toda preparada para receber os recém-casados: muitos hotéis, bons restaurantes... e um parque repleto de estátuas em posições sexuais – como a que se refere ao sexo oral. (Foto: Reprodução/Oddee)

Monumento Boll Weevil - Alabama, EUA

Foto: The Richest / Reprodução

Esta é uma estátua que homenageia – nada mais, nada menos que – um inseto! Como se não bastasse, é a representação de um bicudo que chegou às plantações de algodão na cidade, no começo do século XX, causando a destruição completa do plantio da cidade de Enterprise no ano de 1915.

Porém, graças à praga, os agricultores da época decidiram plantar amendoim – trazendo, dessa forma, diversidade e riqueza. Em homenagem à prosperidade, a cidade construiu um monumento ao bicudo no centro da zona de negócios. Hoje é uma réplica que se localiza no local – sendo bastante monitorada – pois a obra oficialfoi alvo de muitas tentativas de roubo e vandalismo. (Foto: Reprodução/The Richest)

Homem com Peixe (Man with Fish) - Chicago, EUA

Foto: Travel Land Leisure / Reprodução

História de pescador? Até parece, mas não é. A estátua de quase cinco metros realmente existe e fica exposta no Aquário Shedd, em Chicago. O autor da obra, porém, é alemão e se chama Stephan Balkenhol. (Foto: Reprodução/Travel Land Leisure)

Carhenge - Nebraska, EUA

Foto: Fiz-x / Reprodução

Todo mundo já ouviu falar de Stonehenge, um monumento pré-histórico bastante misterioso que é feito com pedras gigantescas, que pesam toneladas, localizado no condado de Wiltshare, No Reino Unido.  Mas, ela não está sozinha: existe também o Carhenge, nos Estados Unidos.

Construído em 1987, o monumento feito pelo artista experimental, Jim Reinders, e outras 30 pessoas de sua família, sendo uma réplica irônica e engraçada, construída com carros antigos de verdade. O monumento possui a estrutura proporcional à britânica, original. O artista teve a ideia após a morte de seu pai, em 1962, como uma forma de prestar homenagem a ele. (Foto: Reprodução/Fiz-x)

Posankka, O Porco-Pato de Turku - Finlândia

Foto: Travel Land Leisure / Reprodução

A escultura bastante diferente é um trabalho do artista finlandês Alvar Gullichsen. Ela representa um animal híbrido, sendo um pato de borracha e um porco. O nome da escultura “Posankka” mistura as palavras finlandesas para os dois animais: porco ("possu") e pato ("ankka").

De acordo com uma declaração do artista, a obra é uma crítica à tecnologia genética moderna e uma representação do suposto conflito entre a cultura popular e a alta cultura.

O monumento fica na cidade de Turku, tem mais de cinco metros de altura e quatro metros de comprimento. O "Porco-Pato" foi construído em 1999, mas, somente em 2001, foi levado para a área do campus da Universidade de Turku. Embora tenha sido, inicialmente, um objeto de muita controvérsia, "Posankka" tornou-se uma espécie de mascote não-oficial da cidade de Turku. Durante o inverno local, um chapéu de Papai-Noel é colocado na cabeça do “animal”. (Foto: Reprodução/Travel Land Leisure)

Transeunte através de muros (Le Passe-Muraille) - Paris, França

Foto: cremation resource / Reprodução

O monumento parece estranho, mas é uma homenagem importante a um conto, publicado por Marcel Aymé, em 1943. A história inspirou várias adaptações cinematográficas, incluindo o filme de comédia francês conhecido, em inglês, como "Mr. Peek-a-Boo", dirigido por Jean Boyer. A estátua fica no bairro boêmio de Paris chamado Montmartre. (Foto: Reprodução/Cremation Resource)

Robô Gundam Gigante - Tóquio, Japão

Foto: The Richest / Reprodução

Sabemos que os japoneses são muito ligados à tecnologia e inovações. E este monumento é o ápice dessa paixão: um robô de 20 metros.  O ‘robozão’ é uma réplica de plástico de "Mobile Suit", de Gundam, (a popular série japonesa de animação), que foi inaugurada oficialmente em 11 de julho de 2009 para a celebração do 30º aniversário do Gundam.

Na época, o robô atraiu 4,5 milhões de visitantes a um parque, onde ficou exposto. Atualmente, ele fica exibido em um parque temático e museu sobre o anime japonês. O robô - que dispara lasers e fumaça-, move seus braços e cabeça e toca música. (Foto: Reprodução/The Richest)

A Árvore-Semáforo (The Traffic Light Tree) - Londres, Reino Unido

Foto: Fiz-x / Reprodução

O trânsito acompanha a vida de muita gente pelo mundo. Placas, buzinas, faixas e faróis estão por todos os lados: e foi nesse turbilhão de informações que o artista britânico Peter Vivantin se inspirou para fazer sua arte. O monumento "A Árvore-Semáforo" fica localizado no moderno bairro de Canary Wharf, em Londres. Durante o dia, as luzes piscam em sequência aleatória e, à noite, pode ficar assim, iluminando a passagem das pessoas. (Foto: Reprodução/Fiz-x)

Man Hanging Out - Praga, República Tcheca

Foto: Civic Art Project / Reprodução

Esta escultura inquietante fica na Cidade Velha de Praga e é um retrato do psicanalista Sigmund Freud. No monumento, ele aparece pendurado com uma mão só, como se estivesse ponderando entre ficar ou se jogar. Segundo a história, Sigmund Freud sofria de uma série de fobias, incluindo o medo da própria morte. Quando seu câncer de boca ficou eme stado avançado, aos 83 anos, Freud cometeu suicídio com a administração de morfina, com ajuda de um amigo médico. Por tudo isso, a artista David Cerny criou a obra "Man Hanging out", mostrando a luta do psicanalista com o medo da morte.

A escultura tornou-se muito popular, sendo exibida em outras cidades, incluindo Londres, Berlim, Roterdã, Chicago e Michigan. Muitas vezes confundida como uma tentativa de suicídio real, a escultura já causou chamadas de bombeiros e polícia. (Foto: Reprodução/Civic Art Project)

Estátua Franz Kafka - Praga, República Tcheca

Foto: Cremation Resource / Reprodução

Este monumento inusitado faz referência a um dos contos de Franz Kafka chamado “Descrição de uma luta”. É um homem alto e de ternos – sem cabeça – que possui um ‘homenzinho’ nos ombros. Para quem não conhece a obra do escritor, o monumento pode soar muito bizarro, porém o escultor disse que acredita que a estátua representa, de forma bastante condensada, toda a literatura de Kafka. Ela fica em no bairro histórico de judeus (Jewish Quarter) em Praga, onde o escritor passou boa parte de sua vida e último período, antes de sua morte. Ela foi construída em 2004, oito anos após o escritor falecer. (Foto: Reprodução/Cremation Resource)

Santo em um cavalo morto (Saint on a dead horse) - Praga, República Tcheca

Foto: Fiz-x / Reprodução

Pendurado no teto da Lucerna Palace Art Nouveau, em Praga, esta obra curiosa retrata um antigo rei “triunfante” (só que não!), montado em um cavalo de cabeça para baixo, aparentemente morto.

São Venceslau, rei que se tornou Santo, é retratado nesta estátua que fica na Praça de mesmo nome. O monumento foi criado pelo artista David Cerny, que é mais conhecido por uma pintura de uma rosa saindo de um tanque soviético, feito para o Memorial da Revolução de Veludo. (Foto: Reprodução/Fiz-x)

O Tubarão de Headington (The Headington Shark) - Oxford, Inglaterra

Foto: The Richest / Reprodução

Imagine que você está andando por um bairro tranquilo da cidade britânica de Oxford, quando vê um enorme tubarão entrando pelo telhado de uma casa. À primeira vista, pode olhar para o monumento e achar que foi um projeto cômico. Porém, tem algo muito mais profundo e representa um acontecimento histórico triste para a Humanidade: o tubarão foi criado no 41º aniversário da explosão da bomba atômica em Nagasaki, Japão.

De acordo com o autor da obra, o artista John Buckley, o animal expressa o sentimento de impotência das pessoas que tiveram suas casas destruídas, repentinamente, por algo absolutamente destruidor. Ele disse, na época, que a obra é sobre energia nuclear, Chernobyl e Nagasaki. (Foto: Reprodução/The Richest)

Fonte do Comedor de Crianças (Kindlifresserbrunnen) - Berna, Suíça

Foto: The Richest / Reprodução

O nome dessa fonte se traduz como "Fonte do comedor de crianças", retratando um ogro comendo um bebê nu e outros a tiracolo. Ninguém sabe ao certo o que o monumento simboliza, mas há muitas especulações. Alguns acreditam que é uma representação do Krampus, uma criatura do folclore local, que castiga crianças ruins durante a temporada de Natal. Outros acreditam que trata-se de uma crítica aos judeus. Há ainda quem ache que o monumento simboliza o “Ogro da Guerra”. Qualquer que seja a explicação, todos concordam que se trata de uma obra assustadora! (Foto: Reprodução/The Richest)

Fonte Cocô (Shit Fountain) - Chicago, EUA

Foto: Gizmodo / Reprodução

Moradores de um bairro de Chicago estavam cansados dos vizinhos que não recolhiam os cocôs dos cachorros durante passeios pelos jardins e calçadas locais. Decidiram, então, “homenageá-los” com um monumento inusitado: a Fonte Cocô. Ao lado da obra, há luvas para os transeuntes usarem para pegar as fezes dos animais. Inusitado, no mínimo. (Foto: Reprodução/GizModo)

Fonte: Terra

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade