PUBLICIDADE

Mundo

Brasil pede apoio 'urgente' da comunidade internacional ao Haiti

Itamaraty também cobrou 'engajamento' de atores políticos

5 mar 2024 - 08h22
(atualizado às 09h10)
Compartilhar
Exibir comentários

O governo brasileiro cobrou que a comunidade internacional apoie o Haiti, país caribenho que atravessa uma grave crise de segurança.

"O Brasil conclama a comunidade internacional a adotar, com urgência, passos concretos para apoiar o país, em particular por meio da implementação da resolução 2699 (2023) do Conselho de Segurança da ONU, que cria a Missão Multinacional de Apoio e Segurança no Haiti", diz uma nota divulgada na noite de ontem pelo Ministério das Relações Exteriores.

Horas antes, o governo haitiano havia decretado estado de emergência e toque de recolher depois que um presídio foi atacado por facções armadas na capital Porto Príncipe. A ação resultou na fuga de um grande número de presos e na morte de várias pessoas.

O comunicado do Itamaraty lembra o "histórico compromisso" do Brasil com o Haiti, onde tropas do Exército já participaram de missões de paz da ONU.

"O governo brasileiro reitera, igualmente, a importância de que os principais atores políticos haitianos se engajem em processo de diálogo nacional, com vistas à realização de eleições", acrescenta a nota.   

Ansa - Brasil   
Compartilhar
Publicidade
Publicidade