PUBLICIDADE

Aos 95 anos, Rainha Elizabeth 2ª celebra seus 70 anos de reinado em privado

Este aniversário de reinado foi o primeiro da monarca após a morte do Príncipe Philip, seu marido por 73 anos, no ano passado.

6 fev 2022 - 15h44
Ver comentários
Elizabeth 2ª celebra seus 70 anos de reinado em privado
Elizabeth 2ª celebra seus 70 anos de reinado em privado
Foto: Getty Images / BBC News Brasil

A Rainha Elizabeth 2ª comemora, neste domingo (6/2), 70 anos de reinado - jubileu de platina. Ela é a monarca viva com mais tempo de reinado no mundo e a segunda mais longeva da história.

É também a primeira monarca britânica a celebrar um jubileu de platina. A rainha está passando o dia de forma privada, sem comparecer a eventos públicos.

Para celebrar a data, o príncipe Charles prestou homenagem à rainha pela "conquista notável" de chegar aos 70 anos no trono.

"A devoção da rainha ao bem-estar de todo o seu povo inspira uma admiração ainda maior a cada ano que passa", disse Charles em um comunicado.

O príncipe de Gales também celebrou o desejo de sua mãe de que Camilla, duquesa da Cornualha e mulher de Charles, seja conhecida como rainha consorte quando ele se tornar rei.

Em uma mensagem no sábado, a rainha disse que era seu "desejo sincero" que Camilla tivesse esse título.

A Rainha disse que Camila deve ser conhecida como rainha consorte quando Charles assumir o trono
A Rainha disse que Camila deve ser conhecida como rainha consorte quando Charles assumir o trono
Foto: Getty Images / BBC News Brasil

A rainha aproveitou a véspera de seu jubileu para abordar diretamente a questão não resolvida do futuro título de Camilla. Houve sugestões de que Camilla seria conhecida como Princesa Consorte.

O precedente atual teria sido Camilla se tornar rainha automaticamente quando Charles se tornasse rei, mas devido à incerteza sobre a opinião pública, sugeriu-se que poderia não ser o caso. Mas a rainha afirmou que deseja que Camilla tenha sim o título.

"Estamos profundamente conscientes da honra representada pelo desejo de minha mãe. Enquanto procuramos juntos servir e apoiar Sua Majestade e as pessoas de nossas comunidades, minha querida esposa tem sido meu apoio constante."

Homenagens

O reinado da rainha começou quando ela tinha 25 anos, após a morte de seu pai, George 6º, em 6 de fevereiro de 1952.

Em um pronunciamento sobre os 70 anos de reinado, Elizabeth 2ª afirmou que recorda aquele dia "tanto pela morte do meu pai, o rei Jorge VI, como pelo início do meu reinado".

"Gostaria de expressar meus agradecimentos a todos vocês por seu apoio. Permaneço eternamente grata e humilde pela lealdade e carinho que vocês continuam me dando", disse a rainha, aos 95 anos, em uma mensagem à nação:

Este aniversário de reinado é o primeiro da monarca sem o duque de Edimburgo, seu marido por 73 anos, que morreu no ano passado. Ela refletiu sobre o quanto ela ganhou com o apoio dado "desinteressadamente" pelo príncipe Philip e agradeceu a boa vontade mostrada a ela por "todas as nacionalidades, religiões e idades neste país".

A rainha assinou a mensagem: "Sua serva Elizabeth R."

Muitos parabenizaram a rainha neste dia histórico, incluindo Boris Johnson, Theresa May e David Cameron - três dos 14 primeiros-ministros britânicos a ocupar o cargo durante seu reinado.

Johnson postou no Twitter: "Eu presto homenagem a seus muitos anos de serviço e estou ansioso para nos unirmos como país para celebrar seu reinado histórico no verão".

Sua antecessora, a senhora May, descreveu a monarca como "uma mulher extraordinária, que dedicou sua vida ao serviço de seu povo e de nossa família de nações".

"Não pode haver melhor exemplo de dever e serviço público digno", disse Cameron.

O líder da oposição, Sir Keir Starmer, ecoou esses sentimentos, dizendo que gostaria de expressar seus "mais profundos agradecimentos" por 70 anos de "serviço público inigualável".

O líder trabalhista acrescentou: "Sua Majestade a Rainha tem sido uma constante vital e valorizada em um mundo em constante mudança, representando segurança e estabilidade para nosso país, durante os altos e baixos das últimas sete décadas".

Uma mensagem da Casa Branca disse que a rainha, ao longo de seu reinado de 70 anos, "fortaleceu os laços de amizade, ideais compartilhados e fé na democracia que unem para sempre nossos países".

Sabia que a BBC está também no Telegram? Inscreva-se no canal.

BBC News Brasil BBC News Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita da BBC News Brasil.
Publicidade
Publicidade