PUBLICIDADE

Jornal italiano erra e chama Mandela de "pai do apartheid"

6 dez 2013 09h17
| atualizado às 09h18
ver comentários
Publicidade

Ao anunciar a morte do ex-presidente sul-africano Nelson Mandela, o jornal italiano Il Giornale se confundiu e o chamou de "pai do apartheid" em sua página na internet. A publicação posteriormente corrigiu o erro, mas já tinha sido divulgado no Twitter pela usuária Valentina Avon.

A chamada foi corrigida e o jornal pediu desculpas para os leitores. "Pedimos desculpas aos nossos leitores pelo erro no título dentro do artigo publicado esta noite sobre a morte de Nelson Mandela. Um erro grave, desmentida pelo texto do artigo, que recorda o papel inegável contra o apartheid do primeiro presidente negro da África do Sul", diz o Il Giornale.

Mandela foi o símbolo da luta contra o regime segregacionista que separava os negros e brancos sul-africanos. Com participação preponderante sua, o apartheid, iniciado em 1948, foi encerrado em 1994. 

<a data-cke-saved-href="http://noticias.terra.com.br/mundo/infograficos/nelson-mandela/iframe.htm" href="http://noticias.terra.com.br/mundo/infograficos/nelson-mandela/iframe.htm">veja o infográfico</a>
Fonte: Terra
Publicidade
Publicidade