0

Caixa lança aplicativo de apostas online na Mega-Sena

O Loterias, disponível para iOS e em breve para Android, permite fazer jogos diretamente do celular

1 out 2019
19h41
atualizado às 22h38
  • separator
  • 0
  • comentários

A Caixa Econômica Federal lançou na segunda-feira o aplicativo Loterias, pelo qual apostadores podem fazer apostas em jogos como a Mega-Sena, Lotofácil e Quina e outras seis modalidades diretamente do celular.

Saiba como apostar na Mega-Sena pela internet
Saiba como apostar na Mega-Sena pela internet
Foto: Reprodução de site das Loterias da Caixa / Estadão Conteúdo

O app está restrito a celulares com sistema operacional iOS, disponível para download gratuito na App Store, mas a empresa afirma que em breve o app poderá ser encontrado na loja Google Play, dedicada a aparelhos Android.

As apostas poderão ser feitas por maiores de 18 anos, cadastrados no site da Caixa com CPF (Cadastro de Pessoa Física) e senha, e somente cartão de crédito é aceito como forma de pagamento. O valor mínimo para os jogos é de R$ 30 e máximo de R$ 500 por dia.

Dentre as funcionalidades anunciadas, o apostador pode escolher os próprios números para realizar a aposta ou pode deixar para os algoritmos do app em uma categoria conhecida como "Surpresinha", que faz a escolha aleatoriamente. Outra possibilidade é utilizar o "Rapidão", que analisa apostas anteriores e monta um novo jogo com base nas preferências do usuário. Além disso, quem possuir um bilhete físico pode utilizar a câmera do celular e escanear o código de barras do tíquete, conferindo rapidamente se foi premiado ou não.

"O aplicativo é mais um canal que colocamos à disposição dos apostadores", afirmou em nota o vice-presidente de Fundos de Governo e Loterias, Paulo Henrique Angelo. "Além das lotéricas e do portal Loterias Online, passamos a oferecer também a opção de usar o telefone celular para registro de jogos.

A Caixa afirma que o lançamento do app Loterias é uma comemoração aos 57 anos das Loterias Caixa, mais antiga modalidade de jogos de aposta do País.

Veja também:

 

Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade