PUBLICIDADE

Guilherme Mazieiro

Deputados trocam xingamentos após ministra da Saúde abandonar comissão; veja

Durante confusão, microfone registrou o deputado Nikolas Ferreira (PL-MG) xingando deputados da base

28 nov 2023 - 18h24
(atualizado às 20h48)
Compartilhar
Exibir comentários
Deputados trocam xingamentos após ministra da Saúde deixar sessão na Câmara:

Deputados da base e da oposição bateram boca e houve xingamentos na Comissão de Fiscalização Financeira e Controle após a ministra da Saúde, Nísia Trindade, deixar a reunião, nesta terça, 28. Os deputados Nikolas Ferreira (PL-MG) e Jorge Solla (PT-BA) discutiram enquanto Nísia deixava a sala, e o microfone da sessão captou Nikolas Ferreira xingando deputados da base. Não fica claro a quem Nikolas se referia durante a confusão.

“Tá cansadinho, é? Pode ir, meu amigo. Trabalha quatro horas por dia e quer ir embora para casa? Vai se ferrar você, meu irmão”, disse Nikolas Ferreira, enquanto discutia com os colegas congressistas.

A deputada Bia Kicis (PL-DF), que preside a comissão, disse que a ministra não cumpriu o combinado, que segundo ela, seria para que Nísia permanecesse por quatro horas respondendo aos questionamentos dos deputados, entre às 13h30 às 17h30.

A ministra deixou a sala por volta das 16h30, justificando à deputada que o acordo era para que ela ficasse até às 16h e que já tinha respondido aos questionamentos.

A saída aconteceu após uma fala do deputado Mário Frias (PL-SP), dizendo que a ministra queria punir quem não tomasse vacinas e que por isso deveria ser ministra da Justiça.

Nísia Trindade é ministra da Saúde.
Nísia Trindade é ministra da Saúde.
Foto: Bruno Spada/Agência Câmara / Estadão

“Espero ser tratada com respeito nessa Casa e continuo a minha exposição. Já respondi a essa pergunta de uma forma clara. O que é criminoso é difundir mentiras, é dizer que a vacina vai transformar as pessoas em jacaré, que muda o código genético. É muito claro o que é criminoso”, disse Nísia em resposta ao deputado Mário Frias (PL-RJ).

Na sequência, se dirigiu à presidente da sessão para se retirar.

“Deputada Bia Kicis, como havia lhe adiantado, acho que respondi a todos os requerimentos feitos. Muitos deles são reiterações de respostas anteriores, vou precisar me ausentar. Estou indo para missão em Dubai com o presidente Lula e deixo aqui o registro de que continuaremos a ser o Ministério do SUS e da defesa da vida”, disse Nísia Trindade. A ministra embarca nesta quarta, 29, para Dubai onde participará com o presidente Lula (PT) da COP 28, a Conferência das Nações Unidas sobre as Mudanças Climáticas.

Enquanto Nísia Trindade se retirava, deputados começaram a bater boca. Kicis manteve o funcionamento da sessão e deu sua versão do que havia sido acordado.

“O que ocorreu foi que ontem [segunda, 27] recebi três ligações de assessores da ministra tentando remarcar essa audiência que está marcada há bastante tempo, inclusive com a data escolhida junto com a assessoria dela. Alegando que amanhã ela irá para Dubai encontrar o Lula”, disse Kicis.

A presidente da comissão disse que a presença da ministra foi acordada com a pasta, quando fizeram a troca da convocação (quando a autoridade é obrigada a ir) por um convite.

“Depois recebi uma ligação pedindo que a ministra fizesse sua exposição, depois se retirasse e os subsecretários ficassem para responderem, também não aceitei [...] O que eu concordei foi que nós fizéssemos uma audiência de quatro horas, de 13h30 às 17h30, foi o combinado”, disse.

A coluna pediu um posicionamento sobre a saída da ministra, se houver retorno, o conteúdo será atualizado.

Fonte: Guilherme Mazieiro Guilherme Mazieiro é repórter e cobre política em Brasília (DF). Já trabalhou nas redações de O Estado de S. Paulo, EPTV/Globo Campinas, UOL e The Intercept Brasil. Formado em jornalismo na Puc-Campinas, com especialização em Gestão Pública e Governo na Unicamp. As opiniões do colunista não representam a visão do Terra. 
Compartilhar
Publicidade
Publicidade