0

PT pede que SBT entreviste Haddad no horário do debate

16 out 2018
18h54
atualizado às 19h02
  • separator
  • comentários

A campanha de Fernando Haddad (PT) solicitou na tarde desta terça-feira, 16, à Direção Nacional de Jornalismo do SBT para usar o intervalo previsto na grade da emissora para o debate presidencial para uma entrevista com o petista.

Foto: Reuters

O pedido tem como base o inciso terceiro do artigo 40 da resolução número 23.551/2017, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), que diz que "o horário designado para a realização de debate poderá ser destinado à entrevista de candidato, caso apenas este tenha comparecido ao evento".

Em notificação extrajudicial, a campanha de Haddad defende que, uma vez que o concorrente Jair Bolsonaro (PSL) vai conceder entrevista ao SBT na noite desta terça, a eventual ausência dele no debate "ocorrerá por mera liberalidade e suposta estratégia política".

A junta médica que cuida de Bolsonaro recomendou que ele não participe de debates até esta quinta-feira, 18, quando ele vai passar por nova avaliação. O candidato do PSL admitiu também que, mesmo se for liberado, existe a "possibilidade estratégica" de ele não ir aos encontros de presidenciáveis.

O debate do SBT estava marcado inicialmente para esta quarta-feira, 17.

"Dessa forma, como trata-se de debate realizado em segundo turno - com apenas dois candidatos -, ainda que o presidenciável Bolsonaro não compareça à emissora no horário designado, é plenamente possível que a oportunidade seja designada à realização de entrevista com o candidato Fernando Haddad, nos termos legais", escreveu na notificação a defesa do petista.

Estadão

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade