0

Resumo das Eleições 2018: revista vê cenário eleitoral de 'pesadelo' e o debate com presidenciáveis

'Financial Times' salienta pleito imprevisível no Brasil e candidatos fazem antepenúltimo debate na TV

26 set 2018
17h56
  • separator
  • comentários

De segunda a sexta, o Estado publicará resumos com as principais notícias sobre as campanhas e o dia dos candidatos nas eleições 2018.

Confira abaixo os destaques desta quarta-feira, 26:

'Financial Times' alerta para 'cenário de pesadelo' na eleição brasileira

A pouco mais de uma semana para as eleições 2018, o jornal britânico de economia Financial Times apresenta um raio X dos principais candidatos, salientando que eles estão pulverizados da esquerda até a extrema direita. "Para os mercados, dizem alguns analistas, (a eleição) está se transformando em um 'cenário de pesadelo' - a esquerda contra a extrema direita - e poderia condenar o Brasil a mais quatro anos de lutas políticas terríveis", trouxe o diário.

Salientando que se trata de uma das eleições mais imprevisíveis e polarizadoras da história recente da maior economia da América Latina, a publicação enfatiza que os investidores estão cada vez mais preocupados que os eleitores possam eleger um presidente que não esteja disposto ou seja incapaz de implementar reformas econômicas necessárias, mas politicamente difíceis, para consertar os desequilíbrios fiscais.

Candidatos participam de debate no SBT

Os principais candidatos à Presidência da República nas eleições 2018 participam nesta quarta-feira, 26, do debate promovido pelo SBT/Folha de S. Paulo/UOL. É o segundo debate com a presença de Fernando Haddad (PT) e o terceiro sem Jair Bolsonaro (PSL), que segue internado no hospital Albert Einstein, em São Paulo. Além do capitão e do petista, foram convidados os presidenciáveis Ciro Gomes (PDT), Geraldo Alckmin (PSDB), Marina Silva (Rede), Alvaro Dias (Podemos), Henrique Meirelles (MDB), Guilherme Boulos (PSOL) e Cabo Daciolo (Patriotas). Siga o debate minuto a minuto aqui.

Geraldo Alckmin diz que ainda dá tempo de chegar no 2º turno

O candidato do PSDB à Presidência, Geraldo Alckmin, minimizou os resultados das últimas pesquisas de opinião, como a do Ibope para São Paulo, divulgada na terça-feira, 25, que mostram que ele ainda não deixou o mesmo patamar de votos desde o início da campanha. "Vai dar tempo sim. A eleição é nesses próximos dez dias. Está todo mundo animado, o Brasil inteiro fazendo campanha. Temos dez dias para chegar ao segundo turno", declarou o tucano, que participou de uma caminhada nesta manhã no centro de Santo André, no ABC paulista. No ato, militantes carregavam cartazes com os dizeres: "Nem PT, Nem Bolsonaro, agora é Alckmin".

Filho de Bolsonaro divulga foto com simulação de tortura em rede social

Um dos filhos do candidato à Presidência da República Jair Bolsonaro (PSL), o vereador Carlos Bolsonaro publicou em suas redes sociais uma foto em referência ao movimento #Elenão, criado por mulheres contrárias ao presidenciável, com uma simulação de tortura. A foto foi publicada nos stories do vereador no Instagram na noite de terça-feira, 25. Stories são mensagens com duração de 24 horas que podem ser deletadas.

A "brincadeira" mostra um homem amarrado, com o rosto ensanguentado e a cabeça dentro de um saco plástico, e no peito está escrito #EleNão. A imagem tem ainda uma frase "sobre pais que choram no chuveiro", em uma referência de pais que sentem vergonha de seus filhos por serem homossexuais. Na sequência, a foto publicada é uma de seu pai com a hashtag #EleSim.

Estadão

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade