PUBLICIDADE
AO VIVO
Chico César faz show repleto de hits ao vivo no Terraiá, o São João do Terra

Em sabatina, Haddad lamenta ausência de Tarcísio em debate e alfineta: "Recém-chegado a SP"

"Defender projetos no confronto de ideias daria a você a oportunidade de verificar o que é melhor para sua família", acrescentou

14 out 2022 - 22h41
(atualizado em 15/10/2022 às 01h35)
Compartilhar
Exibir comentários
Confira a íntegra da sabatina de Fernando Haddad:

Candidato ao governo de São Paulo, Fernando Haddad (PT) lamentou a ausência de Tarcísio de Freitas (Republicanos), com quem disputa o segundo turno, no debate realizado por Terra, Estadão/Rádio Eldorado, SBT, CNN, Veja e Rádio Nova Brasil nesta sexta-feira, 14. 

"Lamento muito a decisão de última hora do meu adversário", iniciou Haddad, que realiza sabatina no lugar do encontro. O candidato do PT aproveitou a oportunidade para alfinetar Tarcísio. "Ainda mais tendo recém-chegado a São Paulo", completou, mencionando o fato de o candidato ser do Rio de Janeiro. 

"Era uma oportunidade de ouro para conversamos e debatermos como fizemos na Band", disse ainda. "Defender projetos no confronto de ideias daria a você a oportunidade de verificar o que é melhor para sua família. Muitos paulistas estão em uma situação difícil, na fila do SUS, com dificuldades na educação. A falta de embate de ideias tira de você a oportunidade de escolher o melhor caminho para São Paulo".

Haddad no SBT
Haddad no SBT
Foto: Reprodução

A sabatina com Haddad terá dois blocos, com sete perguntas de jornalistas do pool, com resposta de dois minutos e meio. Na primeira pergunta, feita pelo jornalista Carlos Nascimento, Haddad falou sobre o agronegócio e invasão de terras

"Nós vamos cumprir a lei, que vale para os dois lados. Não podemos considerar a hipótese de invasão de terras produtivas de um lado, e não podemos aceitar terras que não cumpram sua função social", respondeu.

"Não precisa de invasão, basta chegar o conhecimento ao governador que ele fará a reforma agrária e tornar a terra produzida. Não há necessidade de violência desde que o governador seja comprometido com a lei", acrescentou.

Haddad faz considerações finais e lamenta ausência de Tarcísio:
Fonte: Redação Terra
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade