1 evento ao vivo

Apoiadores de Bolsonaro fazem ato em São Paulo, Rio, Brasília e Belo Horizonte

Manifestantes favoráveis ao candidato PSL fazem ato em regiões centrais das quatro capitais e criticam a possível volta do PT ao poder

21 out 2018
14h26
atualizado às 14h54
  • separator
  • comentários

A sete dias das eleições presidenciais, pelo menos quatro capitais recebem neste domingo, 21, atos favoráveis ao candidato à Presidência da República pelo PSL, Jair Bolsonaro. Em São Paulo, no Rio, em Brasília e em Belo Horizonte, os manifestantes se organizam para apoiar o capitão reformado e protestar contra a possível volta do PT.

Em São Paulo, o ato começou por volta de 14h na Avenida Paulista, que fica fechada para os carros entre 10h e 18h de todos os domingos e feriados, com apoiadores do candidato criticando Fernando Haddad, o PT e pedindo mudanças.

Protestos a favor de Bolsonaro e contra a volta do PT ao governo em frente ao Congresso Nacional 
Protestos a favor de Bolsonaro e contra a volta do PT ao governo em frente ao Congresso Nacional
Foto: Jose Cruz/Agencia Brasil / Estadão

Em Brasília, os manifestantes se concentraram em frente ao Congresso Nacional no início da manhã e saíram em carreata por toda a Esplanada dos Ministérios. Vestidos de verde e amarelo e com faixas de apoio ao candidato, eles criticavam uma eventual volta do PT ao poder. Procurada, a Polícia Militar do Distrito Federal informou que não fez estimativa de público presente.

No Rio, os manifestantes se concentraram na praia de Copacabana. Em Minas Gerais, o ato ocorreu em Belo Horizonte, na Praça da Liberdade, uma das mais importantes da capital mineira. Em nenhuma das cidades há estimativa de público.

Em entrevista coletiva no Rio na tarde de domingo, Bolsonaro disse que as manifestações são um sinal "de que a população está realmente preocupada com o futuro do Brasil" e querem alguém diferente do PT na Presidência. "Sou grato a eles que, no momento, não fazem por eles, mas fazem pelo Brasil", afirmou.

Segundo a última pesquisa Ibope/Estado/TV Globo do segundo turno, divulgada em 15 de outubro, o deputado tem 59% dos votos válidos, contra 41% do petista.

Atos contrários no sábado

No sábado, cidades como Rio, Brasília, São Paulo e Belo Horizonte foram palco de manifestações contrárias ao candidato. Na capital mineira, os manifestantes pediram voto em Fernando Haddad e gritaram diversas palavras de ordem contra Bolsonaro. Os participantes do ato cantaram em coro a canção "Apesar de Você", de Chico Buarque. O ato começou por volta de 12h, na Praça Sete, região central da cidade, e acabou às 17h. A Polícia Militar informou que não houve ocorrências no evento.

Na capital federal, movimentos sociais e populares realizaram o ato com faixas e gritos contra o fascismo, a ditadura e as fake news de WhatsApp. Diversos militantes usaram cartazes em favor da candidatura do PT. O protesto começou por volta das 16h na Rodoviária do Plano Piloto, região central da capital federal. De lá, os manifestarem marcharam, pelo Eixo Monumental, até a Fundação Nacional das Artes (Funarte). A PM-DF fez uma estimativa de 6 mil pessoas presentes. / Paulo Beraldo, Renan Truffi, Constança Rezende, Jonathas Cotrim e Carla Bridi

Estadão

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade