PUBLICIDADE

UFSC terá novo curso de Medicina

A UFSC informou hoje, 18 de janeiro, que contará com mais um curso de Medicina. A carreira, que será ministrada no campus Curitibanos, deve ofertar 30 vagas.

18 jan 2024 - 17h45
(atualizado às 18h33)
Compartilhar
Exibir comentários

A UFSC informou hoje, 18 de janeiro, que contará com mais um curso de Medicina. A carreira, que será ministrada no campus Curitibanos, deve ofertar 30 vagas.

estudante de Medicina
estudante de Medicina
Foto: Brasil Escola

Segundo a Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), a autorização da criação do curso foi confirmada pelo Ministério da Educação (MEC) nesta semana.

A instituição de Santa Catarina destaca que a criação do curso de Medicina em Curitibanos era solicitada há mais de dez anos.

O diretor do Campus de Curitibanos, Juliano Gil Nunes Wendt, disse que é uma reivindicação de muitos anos da comunidade e, por isso, é uma conquista e uma realização, não só para o campus e para a UFSC, mas para toda a região.

"Entendemos que, com a criação do curso de Medicina na UFSC Curitibanos, além dos dois já oferecidos, a UFSC demonstra para toda a sociedade o seu comprometimento com a interiorização de um estudo público, gratuito e de qualidade"

Juliano Wendt

A previsão é que o ministro da Educação, Camilo Santana, viaje a Santa Catarina na próxima terça-feira (23) para assinar oficialmente a portaria que autoriza a criação do curso. 

Medicina na UFSC 

Atualmente, a UFSC oferece o curso de Medicina nos campi de Florianópolis e Araranguá. No primeiro campi, há 72 vagas e, no segundo, 40. Do total de oportunidades, há chances reservas para cotistas.

O vestibular 2024 da UFSC ocorreu em dezembro de 2023. O resultado saiu no dia 11 de janeiro.

Medicina, como nos anos anteriores, foi a carreira mais procurada, com 79.34 candidatos por vaga no campus de Florianópolis e 54.10  candidatos por vaga no campus de Araranguá.

Para mais informações, acesse o site da UFSC.

Curso de Medicina

O curso de Medicina tem duração de seis anos e é ministrado em período integral, portanto, o estudante interessado em prestar Vestibular para Medicina deve ter disposição, disciplina e determinação, principalmente porque os estudos não param por aí.

Após a conclusão da graduação, há a residência médica, cuja duração é de dois a cinco anos, e os estudos contínuos para se atualizar sobre as novidades do mercado. Também é preciso saber lidar com sangue e cadáveres, tão presentes nas aulas práticas.

O médico também precisa ter equilíbrio emocional para lidar com a dor dos pacientes e, o mais complicado, a morte. Por isso, aspectos como solidariedade, carisma, equilíbrio emocional e vontade de ajudar o próximo são fundamentais. Acima de tudo, é necessário ter vocação.

Brasil Escola
Compartilhar
Publicidade
Publicidade