PUBLICIDADE

'Estamos apurando as responsabilidades', diz ministro da Educação após falha na divulgação da lista do Sisu

No dia 30 de janeiro, o site do programa exibiu uma lista de aprovados pela manhã, mas saiu do ar pouco tempo depois

2 fev 2024 - 12h02
(atualizado às 12h12)
Compartilhar
Exibir comentários
Foto: Reprodução/Jose Cruz/Agência Brasil

O ministro da Educação, Camilo Santana, informou que determinou a abertura de uma investigação para apurar os responsáveis pela falha na divulgação na lista do Sisu. No dia 30 de janeiro, o site do programa exibiu uma lista de aprovados pela manhã, mas saiu do ar pouco tempo depois. As declarações foram dadas durante entrevista para a rádio CBN nesta sexta-feira, 2. 

Devido ao erro técnico, muitos estudantes que haviam sido aprovados na véspera foram prejudicados, perdendo suas posições na lista e descobrindo que, na verdade, não haviam conquistado a vaga na universidade.

"Nós estamos apurando as responsabilidades pelo ocorrido. Com muita firmeza nós vamos tentar identificar onde ocorreu o erro’, disse Santana. 

O ministro também esclareceu a mudança interna no Ministério da Educação, que envolveu a transferência de Denise Pires de Carvalho, responsável pelo Sisu, para a Capes. Camilo Santana afirmou que essa troca não tem relação com os problemas na divulgação da lista do Sisu.

O site do Sisu passou por dificuldades de acesso desde a manhã desta terça-feira, 30. Os problemas impediram que os estudantes de todo o País acessassem as classificações obtidas em universidades públicas – o alto volume de visitas sendo a possível causa das interrupções.

Fonte: Redação Terra
Compartilhar
Publicidade
Publicidade