PUBLICIDADE

Edital do Enem 2021 é divulgado; veja datas das inscrições, pagamento e provas

Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) divulgou nesta quarta-feira, 2, os editais do exame impresso e digital

2 jun 2021 10h10
ver comentários
Publicidade

SÃO PAULO - Após o ministro da Educação, Milton Ribeiro, ir às redes sociais e antecipar, na segunda-feira, 31, que o Exame Nacional de Ensino Médio (Enem) 2021 vai acontecer nos dias 21 e 28 de novembro, o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) divulgou nesta quarta-feira, 2, o edital com o cronograma do exame. As inscrições poderão ser feitas entre os dias 30 de junho e 14 de julho.

Como os processos do exame dependem da divulgação do edital, documento oficial com todas as diretrizes e datas das provas, a realização do Enem 2021 ainda neste ano vinha causando incertezas — normalmente, o edital é divulgado em março e as inscrições começam em maio. Agora, mesmo com atraso em relação a anos anteriores, pessoas interessadas já podem se planejar.

A seguir, confira o calendário e as principais perguntas sobre o exame.

As provas do Enem 2021 digital e impresso têm datas iguais?

As provas do Enem Impresso e do Enem Digital serão aplicadas no mesmo dia, o que, segundo o Inep, deve otimizar a elaboração dos Cadernos de Questões, já que as duas versões utilizarão os mesmos itens. Além disso, a participação dos "treineiros" — estudantes que ainda estejam cursando ou não tenham concluído o ensino médio — está garantida na versão impressa.

Quais as datas do Enem 2021? Veja o cronograma

  • De 30 de junho a 14 de julho: inscrições
  • Até 19 de julho: pagamento da taxa de inscrição
  • De 30 de junho a 14 de julho: atendimento especializado
  • De 19 de julho a 23 de julho: pedido de tratamento pelo nome social:
  • 21 e 28 de novembro: realização das provas

Qual o horário de realização das provas?

As provas seguem o horário de Brasília. Confira:

  • Abertura dos portões: 12h
  • Fechamento dos portões: 13h
  • Início das provas: 13h30
  • Término das provas no 1º dia: 19h
  • Término das provas no 2º dia: 18h30

Como e onde fazer a inscrição?

Todas as pessoas interessadas em fazer o Enem 2021, inclusive aquelas que solicitaram isenção da taxa de inscrição do exame até o dia 28 de junho, devem efetuar a inscrição no site oficial do Inep, na Página do Participante, do dia 30 de junho ao dia 14 de julho de 2021 às 23h59 (horário de Brasília-DF). Acessar aqui.

Na hora de se inscrever, o participante deve informar os seguintes dados:

  • Número do CPF e data de nascimento (o Inep aceita apenas uma inscrição por número de CPF);
  • Optar pela participação no Enem 2021 digital ou impresso (após concluir a inscrição, não será possível alterar essa opção);
  • Informar endereço de email e número de telefone fixo ou celular válidos;
  • Indicar a unidade da federação e o município onde deseja realizar o exame;
  • Solicitar, se necessário, atendimento especializado (válido, por exemplo, para pessoas com deficiência);
  • Selecionar a língua (inglês ou espanhol) em que realizará a prova de Língua Estrangeira;
  • Criar cadastro e senha de acesso para a Página do Participante.

Qual o valor da taxa de inscrição?

A taxa de inscrição do Enem 2021 é de R$ 85,00. O valor deverá ser pago até 19 de julho de 2021, respeitando os horários de compensação bancária, sob risco de a inscrição não ser confirmada. O Inep informou que não haverá prorrogação no prazo.

O pagamento da taxa de inscrição vale somente para o participante que não solicitou ou não teve aprovada a isenção da taxa de inscrição.

Quantas vagas o Enem Digital oferece?

O Inep informou que o Enem Digital 2021 ofertará 101.100 vagas para os primeiros participantes que optarem por essa modalidade. Aqui, vale lembrar que o Enem não tem limite de inscrições na modalidade impressa, mas, por questões logísticas, a versão digital estabelece um teto para controle e monitoramento dos candidatos.

Neste ano, os participantes que optarem pela versão digital do exame também terão a oferta de atendimentos especializados. Os recursos disponíveis serão prova ampliada, prova superampliada, prova com contraste e locais de prova com acessibilidade para pessoas com deficiência.

O Enem Impresso respeita regras sanitárias?

Para a realização do Enem 2021, o Inep considera o cenário atual da pandemia no Brasil. Atualmente, o instituto e o consórcio aplicador fazem o mapeamento de possíveis locais de realização das provas que garantam o cumprimento das medidas sanitárias de prevenção contra a covid-19, como o distanciamento social.

Como na aplicação do Enem 2020, realizada em janeiro de 2021, houve aglomeração e o não cumprimento de todas as diretrizes sanitárias, uma das possibilidades em estudo pelo Inep é o aumento do número de municípios de aplicação.

Para saber mais informações sobre o Enem 2021, acesse o edital completo aqui.

Estadão
Publicidade
Publicidade