PUBLICIDADE

CEO da Michael Page, sucesso nas redes sociais, estreia no Estadão com dicas para subir na carreira

Textos com dicas práticas para crescer na atividade profissional serão publicados quinzenalmente às segundas-feiras; líder especialista em recrutamento de executivos tem mais de 500 mil seguidores no Instagram

12 nov 2023 - 09h10
Compartilhar
Exibir comentários

Apesar da importância do conhecimento técnico para o sucesso no trabalho, as habilidades comportamentais (as chamadas soft skills) são tão ou mais importantes para o crescimento na carreira profissional, especialmente com o passar dos anos. A análise é de Ricardo Basaglia, CEO da empresa de recrutamento de executivos Michael Page/Page Group Brasil e novo colunista do Sua Carreira do Estadão.

No espaço, ele pretende explicar os pontos que levam um bom profissional a avançar no mundo corporativo e dar dicas práticas para o dia a dia no trabalho. "Quero transformar as conversas que tive com empresas e pessoas em insights", afirma Basaglia. Os textos serão publicados quinzenalmente às segundas-feiras de manhã no portal do Estadão.

Com cerca de 500 mil seguidores no Instagram (@ricbasaglia) e mais de 2,5 milhões de pessoas impactadas mensalmente no total, Basaglia produz conteúdo de carreira e liderança nas redes sociais e no podcast Lugar de Potência. É um dos recrutadores mais acompanhados do Brasil nas redes e pretende compartilhar com os leitores do jornal sua experiência com o público e o mundo corporativo.

Basaglia é mestre em Administração (FGV/EAESP) com extensão em Behavioral Science of Management (Yale). Como CEO da Michael Page, lidera as operações do grupo no Brasil.

"Existe um momento de nossa carreira em que só a entrega de resultado não basta", diz. Ele diz considerar um "elefante na sala" o descuido que os profissionais têm com os fatores comportamentais e de relacionamento. Segundo levantamentos do Page Group, a maioria dos profissionais é contratada por habilidades técnicas, mas demitida por questões comportamentais.

Ser político no trabalho não deveria ser visto negativamente

Ricardo Basaglia destaca que a visão negativa que muitos têm com o networking e a criação de uma rede de contatos contribui para a dificuldade em avançar no ambiente profissional. "A gente ouve muito que as pessoas falam que não crescem na carreira porque não são 'políticas'. E isso é dito com um viés negativo, mas não deveria", afirma.

Ele diz ser importante ter uma relação de confiança com os superiores, em especial com aqueles com o poder de realizar uma promoção, porque ações como essa impactam a reputação dos gestores. "Quando você promove alguém, você está chancelando aquela pessoa. Se ela não vai bem, de certa forma, você pode impactar a sua própria reputação", explica.

Ele frisa ainda que, além de entregar os resultados para os quais foram contratados, os profissionais devem ter especial atenção para comunicar e fazer com que as pessoas saibam das suas entregas.

"Para você ser promovido, existem dois elementos: um você controla, e o outro, não. Você não controla quando a fila vai andar, mas você pode ser o primeiro da fila quando o momento chegar", afirma.

Estadão
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade