PUBLICIDADE

Banco Pan e IGTI oferecem 1.000 bolsas de estudo para curso de desenvolvedor de software

Ao fim da capacitação, melhores alunos serão selecionados para vagas de emprego no PAN; inscrições para bootcamp online vão até 27 de agosto e valem para todo o Brasil

6 ago 2021 14h47
| atualizado às 15h02
ver comentários
Publicidade

Cientes do seu papel para suprir a demanda cada vez maior por profissionais de tecnologia no Brasil, empresas e organizações têm lançado iniciativas visando a capacitação e a promoção da empregabilidade na área. Esse é o caso do Banco Pan e do Instituto de Gestão e Tecnologia da Informação (IGTI), que abriram processo seletivo para 1.000 bolsas de estudos em curso de desenvolvedor de software.

Dados da Associação Brasileira das Empresas de Tecnologia da Informação e Comunicação (Brasscom) indicam que o Brasil vai precisar de 70 mil profissionais com perfil tecnológico por ano até 2024. Porém, as universidades formam 46 mil pessoas anualmente e, se nada mudar, o País poderá ter um déficit de 260 mil profissionais.

Somente neste ano, o Banco Pan aumentou seu time de TI (tecnologia da informação) em 65%. Segundo Leandro Marçal, diretor de Tecnologia e Operações do PAN, a busca por talentos é constante e essa formação ajudará no recrutamento. A instituição financeira quer investir na formação de mão de obra qualificada para expandir a área interna de tecnologia e acelerar a digitalização dos produtos, processos e serviços.

O bootcamp, como é chamado o programa educacional, é totalmente online e tem duração de nove semanas, totalizando 148 horas de conteúdo. Podem se inscrever, até o dia 27 de agosto, pessoas acima de 18 anos, com Ensino Médio completo, e residentes em qualquer parte do território brasileiro, por meio deste link.

Banco Pan, antigo Panamericano, aumentou seu time de TI em 65% em 2021. 
Banco Pan, antigo Panamericano, aumentou seu time de TI em 65% em 2021.
Foto: Banco Pan/Divulgação / Estadão

Não é necessário ter conhecimento prévio na área. No ato da inscrição, o candidato será submetido a uma prova classificatória, composta por perguntas objetivas de lógica e raciocínio matemático, além de preenchimento de questionário socioeconômico, que são determinantes para a aprovação no processo seletivo.

As aulas, que começam em 13 de setembro, são semanais, por videoconferência, e terão como foco duas das principais tecnologias utilizadas no mercado: Angular para Front-End e Java + SpringBoot para Back-End.

Os alunos vão aprender sobre interface de navegação e ferramentas de interação com o usuário, além de realizar o planejamento, criação, implementação e manutenção da estrutura que forma a base de um site. Ao fim da capacitação, além do certificado de formação, os melhores participantes serão selecionados para oportunidades de emprego no PAN.

  • Quer debater assuntos de Carreira e Empreendedorismo? Entre para o nosso grupo no Telegram pelo link ou digite @gruposuacarreira na barra de pesquisa do aplicativo

Este é o primeiro curso de formação desenvolvido de forma customizada pelo IGTI, instituição de ensino superior a distância, credenciada pelo Ministério da Educação (MEC), que oferece cursos e qualificações em TI.

Estadão
Publicidade
Publicidade