PUBLICIDADE

12º Curso Estadão de Jornalismo Econômico abre inscrições

Primeira fase da seleção vai até 21 de agosto; curso para jovens jornalistas é gratuito e conta com parceria com a FGV·

1 ago 2022 - 13h54
(atualizado às 17h46)
Ver comentários
Publicidade

A partir desta segunda-feira (1º de agosto), jovens jornalistas de todo o País podem se inscrever para a seleção do 12º Curso Estadão de Jornalismo Econômico, realizado pelo Estadão e pela Agência Estado em parceria com a Escola de Economia da Fundação Getulio Vargas (FGV/EESP). As inscrições para esse que é o mais tradicional curso de formação em economia para jornalistas iniciantes vão até dia 21 de agosto. O programa tem duração de três meses, de 19 de setembro a 09 de dezembro de 2022.

Todo o processo de seleção é virtual. Já as atividades têm formato híbrido, com as primeiras quatro semanas a distância e o restante da programação presencial, na sede do Estadão, em São Paulo. O programa inclui aulas teóricas de economia com professores da FGV, além de palestras e entrevistas coletivas com profissionais C-level e importantes nomes da economia e da política nacionais.

"O que mais me marcou no curso foi a densidade do conteúdo", diz o ex-aluno Jorge Costa, hoje analista de conteúdo do Estadão, no E-Investidor. "A gente aprende sobre taxa de juros, mercado financeiro, política fiscal. E gostei muito dos laços de amizade que criei."

Podem participar universitários cursando o último semestre de jornalismo ou os graduados em 2019, 2020, 2021 e 2022/1. O curso é gratuito para os alunos selecionados e conta com o patrocínio do Mercado Pago.

Seleção

O primeiro passo é preencher um formulário online com seus dados pessoais, currículo e justificativa de interesse no curso. Reserve algum tempo para pensar numa pauta bacana, tanto em texto quanto em vídeo. Pense também em como esse conteúdo seria abordado em redes sociais. O objetivo desse exercício é o de se apresentar como um jornalista multiplataforma e de mentalidade inovadora.

Os aprovados para a segunda fase participam de uma dinâmica de grupo por videochamada, ao fim da qual precisam escrever uma reportagem econômica sob as orientações da coordenação do curso. Cerca de 75 candidatos serão convidados para essa segunda etapa, que ocorre entre os dias 29 de agosto e 2 de setembro. A divulgação dos focas selecionados para o curso será no dia 12 de setembro.

"Sempre gostei de Economia. Quando me inscrevi, meu objetivo era voltar minha carreira para essa área", conta Gabriela Brumatti, aluna do 11º curso e atualmente repórter do Broadcast Agro. Gabriela ressalta que é importante ter determinação para atingir os objetivos. "Da primeira vez que tentei o processo seletivo, eu não passei. Mas na segunda entrei. Boa sorte a todos agora!"

A turma será formada por 25 focas - apelido dado a jornalistas iniciantes na profissão - aprovados em seleção nacional e outros jovens profissionais que já trabalham no Grupo Estado, totalizando 30 vagas.

Como projeto de fim de curso, os Focas produzem um especial multimídia, com tema proposto pela própria turma. O guia para o primeiro voto Pirilili, feito pela turma do ano passado, por exemplo, reúne textos, vídeos e conteúdo para redes sociais voltados a eleitores que estão no início da vida política. "O Foca Econômico te prepara para o mercado e abre portas. As aulas da FGV são muito esclarecedoras e a gente tem uma boa troca de experiências com os jornalistas da redação", afirma Giordanna Neves, aluna da turma de 2021 e hoje repórter do Broadcast Político da Agência Estado.

O programa do curso

O curso em período integral se propõe a ser uma ponte entre a universidade e o mercado de trabalho, possibilitando que recém-formados aprofundem discussões jornalísticas e ampliem conhecimentos técnicos e teóricos. Pela manhã, os focas têm contato com jornalistas e executivos do Grupo Estado, cumprem o currículo de economia dado por professores da FGV, fazem aulas teóricas complementares (Jornalismo de Dados, Política, Economia, Português e Inovação em Jornalismo) e assistem a palestras especializadas (B3, Anbima, Fitch, Banco Central e IBGE, entre outros).

À tarde, os jovens jornalistas têm a oportunidade de atuar nas redações do Grupo Estado. Em sistema de rodízio, os Focas conhecem melhor a redação da Agência Estado/Broadcast, do jornal Estadão (impresso e Portal) e da Rádio Eldorado. Ainda passam por áreas como redes sociais, TV Estadão e Verifica, editoria especializada em checagem de informações.

Ao longo do curso, os Focas vão desenvolver também dois projetos jornalísticos. O trabalho de conclusão é um projeto multimídia completo, como foi o Pirilili, de grande repercussão entre os jovens eleitores. A turma de 2022 ainda publicou a reportagem especial Depois das fintechs, vêm aí as ESGtechs, mostrando as empresas da nova economia que aliam serviços financeiros, tecnologia e práticas de sustentabilidade.

As inscrições podem ser feitas aqui.

Para saber mais sobre o curso, acesse www.estadao.com.br/focas ou acompanhe o perfil do Focas no Instagram e a página do Focas no Facebook (CursosEstadoDeJornalismo).

Estadão
Publicidade
Publicidade