0

Por que Balneário Camboriú está se destacando cada vez mais em investimentos imobiliários

9 mar 2018
15h36
atualizado em 12/3/2018 às 23h46
  • separator
  • comentários

Balneário Camboriú recebe turistas de diversas partes do Brasil e está na lista dos 10 destinos mais visitados por estrangeiros a lazer, divulgada pelo Ministério do Turismo em 2016. Além disso, apresenta o metro quadrado mais caro do país, segundo o levantamento feito pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicos (FIPE) para a Revista Exame, em 2017. A fim de dar suporte ao crescente número de visitantes e melhorar a qualidade de vida dos moradores, a Prefeitura de Balneário Camboriú e o Governo de Santa Catarina, juntamente com a iniciativa privada, estão desenvolvendo uma série de projetos para expandir a infraestrutura da cidade. Os investimentos tendem a colocar o município em uma posição ainda mais visada. A perspectiva é que com o aumento do fluxo do turismo e de novos investidores, haja mais um salto na valorização dos imóveis em Balneário Camboriú.

1- Balneário Camboriú Big Wheel

Balneário Camboriú será a casa da maior roda gigante da América Latina. Inspirada na icônica London Eye, localizada em Londres, a Balneário Camboriú Big Wheel terá 65m de altura e virá acompanhada de um parque com trilhas e mirantes. Segundo a Big Wheel S.A., companhia responsável pelo projeto, a construção terá baixo impacto ambiental, pois utilizará menos de 1% da área total do terreno. A atração será construída no costão da Barra Norte, em uma área privada de 37.500m², que incluirá espaço de convivência, banheiros, segurança, iluminação e Wi-fi. A roda gigante poderá funcionar em horários diferenciados, tornando-se uma alternativa para o lazer noturno. De acordo com a assessoria da prefeitura de Balneário Camboriú, o investimento deverá impactar significativamente o turismo na cidade. O prefeito Fabrício Oliveira declarou em nota oficial que o empreendimento será um novo cartão postal, um novo ícone do turismo, que também irá contribuir para minimizar riscos de violência e depredação da área em questão.
No total, serão aplicados no empreendimento R$ 40 milhões vindos do recurso privado. A previsão dos investidores da Big Wheel S.A. é de que as obras comecem já em maio de 2018 e a inauguração seja em março de 2019.


2 - Centro de Eventos

Em Balneário Camboriú também ficará o maior Centro de Eventos de Santa Catarina. O projeto contempla três pavilhões de exposições, salas de convenções, lojas, praça de alimentação e serviços, além de mais de mil vagas de estacionamento. O projeto fica localizado no km 137 da BR 101 e já está na fase final da obra.
Em nota publicada no site oficial do Governo do Estado, o ex-governador Raimundo Colombo destacou a importância do Centro para promover o turismo além da temporada de verão, atraindo eventos para a região o ano inteiro. "...Estruturas como a desse novo centro garantem movimento mais frequente durante todos os meses, impulsionado o setor e a economia de todo o estado", explicou.

A construção é resultado da parceria entre os governos federal, estadual e municipal. A Salver Construtora foi a vencedora da licitação pública para a execução da obra e apresentou um orçamento de R$ 89 milhões. O Centro de Eventos deverá ficar pronto em março de 2018.

3 - Alargamento da orla da Praia Central

Em 2017, a Prefeitura de Balneário Camboriú divulgou imagens de como ficará a Praia Central após a execução do projeto de alargamento da orla. Ao final das obras, a praia terá 55m de faixa de areia, além do trecho de 25m onde serão implementados equipamentos de lazer e uso comunitário.

Confira aqui como funcionará o alargamento da orla

4 - BC Port

O BC Port surge como o projeto mais audacioso para elevar o turismo no litoral catarinense. O porto de entretenimento idealizado para a Barra Sul, em Balneário Camboriú, prevê a implantação de uma grande infraestrutura no local, com hotel seis estrelas, shopping, restaurantes, agências de turismo, lojas e muitos outros atrativos.
A obra está orçada em R$ 250 milhões e será construída pela iniciativa privada.
A empresa Ports Developed by Shiphandlers (PDBS) foi a vencedora do processo licitatório realizado em abril de 2017 pela Agência Nacional de Transportes Aquaviários (Antaq). O autor do projeto BC Port é André Guimarães Rodrigues, presidente da PDBS, bacharel em Ciências Náuticas e prático em Itajaí.
Além de permitir que os navios façam escalas em Balneário Camboriú, o BC Port possibilitará a venda de passagens com saídas diretas da cidade, movimentando ainda mais o turismo e a economia local. O investimento pretende posicionar Santa Catarina como uma importante rota de chegada e partida de cruzeiros nacionais e internacionais.

Localização privilegiada

Um dos grandes atrativos do BC Port será sua ótima localização a poucos metros das principais atrações turísticas de Balneário Camboriú. Ao contrário dos atuais portos de carga convencionais, onde, ao desembarcar, os passageiros necessitam de transfers e algumas horas de viagem até os pontos turísticos.
Em novembro de 2017 foi realizada uma audiência pública para esclarecer os possíveis impactos ambientais que a implantação do BC Port pode causar na região. Caso tudo ocorra como previsto, é possível que as obras comecem no primeiro semestre de 2018.

Com todos esses investimentos, a valorização dos imóveis tende a aumentar cada vez mais. Segundo a Imobille Negócios, imobiliária em Balneário Camboriú , o valor dos imóveis mais vendidos variam de R$ 500.000,00 a 1.000.000,00, o que pode parecer pouco, se comparado às coberturas à venda em Balneário Camboriú . A valorização média dos imóveis da região está muito acima de outras cidades - dependendo da localização e do tamanho do imóvel, pode superar imóveis localizados no Rio de Janeiro.Os apartamentos de frente para o mar em Balneário Camboriú são os mais valorizados, o valor médio de um imóvel varia em torno de R$ 1,6 milhões.



Website: https://www.imobillenegocios.com.br/

DINO Este é um conteúdo comercial divulgado pela empresa Dino e não é de responsabilidade do Terra

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade