PUBLICIDADE

Pequenas reformas elevam vendas no setor da construção que cresce 4%

22 set 2017 13h29
ver comentários
Publicidade

O primeiro semestre deste ano apresentou bons resultados para o segmento de construção. O setor sofre há dois anos com baixa nas vendas devido ao cenário econômico atual do país. As grandes construtoras diminuíram o ritmo das obras nos últimos tempos e como reflexo imediato a demanda por material de construção foi reduzida significativamente.

Entretanto, aos poucos o mercado está retomando o crescimento e começa a aquecer com as pequenas reformas, nos seis primeiros meses do ano o setor vem demonstrando sinais positivos, o mês de julho obteve uma alta de 4% nas vendas em relação ao mês anterior, esse resultado está baseado no consumo residencial nos comércios varejistas.

Essas informações são do relatório divulgado pela Anamaco recentemente, de acordo com o levantamento que é feito todos os meses. Na pesquisa foram coletados dados sobre o faturamento de mais de 500 lojas na última semana de cada mês.

Segundo o diretor da instituição, a alta é atribuída, entre outras coisas, aos valores que o governo liberou para a população recentemente com o Fundo de Garantia. Ele diz que muitas pessoas aproveitaram estes recursos para fazer a tão esperada reforma que estava pendente por falta de dinheiro.

Os comerciantes de material de construção confirmam o aumento do movimento nas lojas, porém ressaltam que o valor gasto é menor do que em anos anteriores. Então realmente o que justifica o crescimento do setor é a quantidade maior de pequenas reformas que estão movimentando o mercado.

O mês que melhor representa a retomada do segmento é março, o crescimento das vendas alcançou 10% em relação ao mês de fevereiro. E na comparação com o mesmo mês do ano passado o desempenho foi ainda melhor, cerca de 12% a mais. A explicação para esse bom resultado envolve alguns fatores específicos como, o fato de março ter mais dias úteis que o mês anterior, e fevereiro normalmente é um mês mais fraco de vendas e que foi potencializado pelo feriado do carnaval, onde muitas pessoas viajam.

O setor de material de construção ainda está cauteloso quanto a comemoração, pois ainda de acordo com o levantamento no acumulado de doze meses que compreende o período de julho de 2016 até julho de 2017 o resultado é 5% menor. Mas as expectativas para os próximos seis meses são boas, normalmente mais da metade das vendas do setor acontecem nesse período.

Estimasse um crescimento pelo menos 5% maior que o do ano passado até o final de 2017. A pesquisa também apontou o crescimento por região do país, e os Estados do Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul se destacam com resultado de 9% de crescimento, em segundo lugar vem a região Nordeste com 5%, e com 3% aparece as regiões Centro Oeste e Sudeste.

A PisoAqui é uma empresa especializada em porcelanatos, pisos laminados e vinílicos de última geração. Além da realização da venda destes produtos, a PisoAqui tem como prioridade em seu trabalho o acompanhamento técnico de cada projeto, até o término das instalações e adequações, porque entende que os produtos que oferece necessitam do pré e pós-venda.

Acesse o site agora mesmo da loja online ou se preferir pode encontrar todos os tipos de pisos em Londrina na loja física, produtos da mais excelente qualidade.

DINO Este é um conteúdo comercial divulgado pela empresa Dino e não é de responsabilidade do Terra
Publicidade
Publicidade