0

Carretos de mudanças oferecem mudanças a baixo custo e causam prejuízos ao consumidor

Cresce o número de pessoas sem experiência em transporte que alugam caminhões e fazem mudanças residenciais.

3 mai 2019
14h46
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Com a crise econômica milhões de pessoas que perderam seus empregos estão trabalhando com transporte de pessoas usando aplicativos. Na esteira desta tendência muitas pessoas têm alugado caminhões  para oferecerem serviços de mudanças residenciais mesmo sem terem experiência alguma na área.

Foto: DINO / DINO

Mudanças têm um nível de complexidade muito maior do que o transporte de passageiros por curtas distâncias. Os profissionais da mudança devem saber como montar e desmontar móveis, embalar e desembalar os bens, acomodá-los corretamente no baú do caminhão de modo que não haja quebras e carregar e descarregar a mudança com segurança e obedecendo à lógica do layout da nova residência. TVs de LCD por exemplo são muito frágeis, um pequeno esbarrão na tela é o suficiente para rachá-la. O certo é embalar a TV com plástico bolha, papelão corrugado e cobertores. Em alguns casos se faz necessário usar paletes de madeira. Além de experiência, quem se propõe a fazer mudanças tem que ter todos os materiais e equipamentos necessários.

No caso de danos aos bens durante o transporte, o carreteiro informal não pode ser acionado nos órgãos de defesa do consumidor por não ser registrado e não fornecer nota fiscal. Importante notar também que as seguradoras trabalham apenas com empresas registradas.

O portal de Mudanças Econômicas fez uma pesquisa na cidade de São Paulo comparando o preço de 3 empresas de mudanças profissionais com 3 carreteiros amadores. A mudança completa de uma apartamento de 2 quartos, com 3 moradores, ficou no valor médio de R$1.590,00 entre as empresas profissionais e R$1.450,00 entre os amadores, diferença de R$140,00. "A economia é pequena, não compensa os riscos que o consumidor corre ao contratar um amador para fazer a sua mudança." diz Wagner Cunha, proprietário do portal.

Também tem se tornado cada vez mais frequente o furto de mudanças por bandidos disfarçados de carreteiros. O golpe é simples, o ladrão se apresenta como carreteiro, oferece um preço muito abaixo dos praticados pelas empresas de mudanças profissionais, ganha o serviço e furta a mudança. Em alguns casos o falso carreteiro pede um  sinal e some com o dinheiro também. Antes de contratar é muito importante verificar se a empresa é registrada, se ela tem muito tempo de mercado e tenha forte presença na internet. Verifique a reputação da empresa de mudança em sites como o Reclame Aqui e em redes sociais como Facebook e Google Meu Negócio.

A economia que se faz usando amadores não compensa a segurança que as empresas de mudanças profissionais oferecem. 



Website: https://www.mudancaseconomicas.com.br/

Veja também:

Quem é o menino bailarino da Nigéria que viralizou nas redes sociais
DINO Este é um conteúdo comercial divulgado pela empresa Dino e não é de responsabilidade do Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade