0

Governo vai integrar IBGE e Ipea para montar 'fábrica de ideias' econômicas

O objetivo é ampliar as análises de políticas públicas, além de reforçar as informações sobre a queda do Produto Interno Bruto e como será a recuperação econômica no pós-covid-19

3 jul 2020
00h23
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

BRASÍLIA - O ministro da Economia, Paulo Guedes, vai montar uma espécie de fábrica de ideias e estudos (Think Tank) da equipe econômica. Para isso, uma nova secretaria especial de estudos deverá integrar, no mesmo local, o Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a Secretaria de Política Econômica (SPE) e a áreas de estudo de assuntos internacionais e de produtividade do Ministério da Economia.

O ministro da Economia, Paulo Guedes.
O ministro da Economia, Paulo Guedes.
Foto: Marcos Corrêa/Presidência da República - 9/6/2020 / Estadão

Segundo o Estadão apurou, o economista Aluísio Araújo, da Fundação Getúlio Vargas, é dos cotados para comandar a área. Guedes também quer trazer o economista do mercado financeira Aurélio Bicalho, da Vinland Capital, para fazer uma dobradinha com Araújo. A ideia é juntar academia e mercado para a nova secretaria.

O foco da nova área é conectar essas áreas de estudos e ampliar as investigações, sobretudo, as análises de políticas públicas e reforçar as informações sobre a queda do Produto Interno Bruto (PIB) e como será a recuperação econômica no pós-covid-19. Por isso, a SPE, que hoje está vinculada à Secretaria Especial de Fazenda, onde também está o Tesouro Nacional, será transferida para nova secretaria.

Veja também:

Sabrina Sato revela que pai está hospitalizado com covid-19
Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade