Escolas de Wuhan reabrem as portas pela 1ª vez em 7 meses

Mais de 2,8 mil instituições receberam 1,4 milhão de alunos

1 set 2020
11h25 atualizado às 11h33
0comentários
11h25 atualizado às 11h33
Publicidade

Centenas de milhares de alunos voltaram às aulas nesta terça-feira (1º) em Wuhan, na China, que foi o primeiro epicentro da pandemia do novo coronavírus (Sars-CoV-2).

Wuhan foi o primeiro epicentro da pandemia 16/05/2020
REUTERS/Aly Song
Wuhan foi o primeiro epicentro da pandemia 16/05/2020 REUTERS/Aly Song
Foto: Reuters

Pela primeira vez em sete meses, as escolas e os jardins de infância das cidades da província de Hubei, entre elas Wuhan, reabriram as suas portas. Os alunos assistiram as aulas utilizando máscaras, medida que foi "recomendada" pelas autoridades de saúde da China. No total, mais de 2,8 mil escolas de ensino fundamental e médio receberam cerca de 1,4 milhão de estudantes.

Segundo a imprensa chinesa, os funcionários das escolas foram obrigados a realizar exercícios de treinamento para evitar possíveis novos casos da doença dentro das instituições. As escolas precisam enviar relatórios diários sobre a situação às autoridades.

Dados oficiais da China sobre a Covid-19 mostram que 80% das mortes relacionadas ao vírus estão concentradas em Wuhan, com 3.869 óbitos das mais de 4,6 mil em todo o país.

Wuhan vem tentando voltar ao normal desde abril, quando o lockdown foi suspenso. A cidade não registrou nenhuma nova transmissão local do coronavírus Sars-CoV-2 desde 18 de maio.
    .
   

Ansa - Brasil   
Publicidade
Publicidade