0

OMS: Europa pode conviver gerenciando lockdowns localizados

Diretor regional afirmou que não acredita no retorno de restrições de amplitude nacional contra o coronavírus

1 set 2020
08h01
atualizado às 08h12
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

A Europa pode conviver com a covid-19 sem uma vacina, apenas com o gerenciamento de surtos por meio de lockdowns localizados, disse o diretor da Organização Mundial da Saúde (OMS) para a região nesta terça-feira, acrescentando não acreditar no retorno de restrições de amplitude nacional.

Diretor regional da OMS para a Europa, Hans Kluge, em Copenhague
27/03/2020 Ida Guldbaek Arentsen /Ritzau Scanpix/ via REUTERS
Diretor regional da OMS para a Europa, Hans Kluge, em Copenhague 27/03/2020 Ida Guldbaek Arentsen /Ritzau Scanpix/ via REUTERS
Foto: Reuters

"O dia que vamos vencer a pandemia não é necessariamente o da vacina. É quando aprendermos a conviver com a pandemia, e isso pode ser amanhã", declarou Hans Kluge, diretor regional da OMS para a Europa, à Sky News.

Indagado se ele espera a adoção de lockdowns de amplitude nacional para conter uma segunda onda de infecções, ele disse: "Não".

"Estou otimista, mas não podemos excluir lockdowns localizados", afirmou.

Veja também:

Os navios gigantescos que a pandemia mandou para o desmanche
Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade