PUBLICIDADE

Brasil recebe 1º lote de vacinas contra covid para crianças 

Remessa conta com 1,2 milhão de doses do imunizante da Pfizer, destinadas a crianças de 5 a 11 anos

13 jan 2022 07h26
| atualizado às 07h42
ver comentários
Publicidade
Vacina Pfizer
Vacina Pfizer
Foto: Artur Widak/NurPhoto / Reuters

O primeiro lote de vacinas da Pfizer contra a covid-19 para crianças de 5 a 11 anos chegou ao Brasil por volta das 4h45 desta quinta-feira, 13. A remessa com 1,2 milhão de doses desembarcou no Aeroporto de Viracopos, em Campinas (São Paulo).

As doses serão agora encaminhadas para o Centro de Distribuição do Ministério da Saúde em Guarulhos, para passarem por um processo rigoroso de controle de qualidade e temperatura. Segundo o Ministério da Saúde, a distribuição aos estados e Distrito Federal começa ainda nesta quinta-feira, seguindo o critério proporcional ao quantitativo de crianças por unidade federativa.

As doses fazem parte da primeira remessa de três que serão recebidas pelo País. A previsão é que o Brasil receba em janeiro um total de 4,3 milhões de doses da vacina. Durante o primeiro trimestre, está prevista a chegada de quase 20 milhões de doses pediátricas, destinadas ao público-alvo de 20,5 milhões de crianças. Em fevereiro, a previsão é que sejam entregues mais 7,2 milhões, e em março, 8,4 milhões.

A recomendação do Ministério da Saúde prevê que a vacinação de 5 a 11 anos não é obrigatória e seguirá uma ordem de prioridades, iniciando pelas crianças com comorbidades e deficiências permanentes. A imunização ainda requer o termo de autorização dos responsáveis ou a presença desses no momento da vacinação. O esquema vacinal será de duas doses, com intervalo de oito semanas entre as aplicações./Com informações de Agência Brasil.

Pré-cadastro em São Paulo

O Estado de São Paulo abriu na quarta-feira, 10, o pré-cadastro de crianças dos 5 aos 11 anos para a vacinação contra o coronavírus. Pais e responsáveis podem fazer o registro no portal Vacina Já (). A expectativa do governo é de que a imunização desta faixa etária comece a partir da próxima sexta-feira, 14, com atendimento preferencial ao público com deficiências, comorbidades, indígenas e quilombolas.

Confira abaixo a previsão de chegada das doses em cada unidade da Federação, segundo Ministério da Saúde:

São Paulo

Como o estado não necessita de transporte aéreo, as doses serão entregues até sexta-feira (14).

Distrito Federal

Previsão chegada: 14/01, 00:05

Goiás

Previsão chegada: 14/01, 01:30

Mato Grosso do Sul

Previsão chegada: 14/01, 07:35

Mato Grosso

Previsão chegada: 14/01, 08:30

Alagoas

Previsão chegada: 14/01, 10:30

Bahia

Previsão chegada: 14/01, 01:20

Ceará

Previsão chegada: 14/01, 03:00

Maranhão

Previsão chegada: 14/01, 11:35

Paraíba

Previsão chegada: 14/01, 11:35

Pernambuco

Previsão chegada: 14/01, 01:20

Piauí

Previsão chegada: 14/01, 16:40

Rio Grande do Norte

Previsão chegada: 14/01, 02:00

Sergipe

Previsão chegada: 14/01, 14:40

Acre

Previsão chegada: 13/01, 23:50

Amazonas

Previsão chegada: 14/01, 02:40

Amapá

Previsão chegada: 14/01, 13:10

Pará

Previsão chegada: 14/01, 01:55

Rondônia

Previsão chegada: 14/01, 10:45

Roraima

Previsão chegada: 14/01, 12:35

Tocantins

Previsão chegada: 14/01, 10:30

Espírito Santo

Previsão chegada: 14/01, 00:15

Minas Gerais

Previsão chegada: 14/01, 08:15

Rio de Janeiro

Previsão chegada: 14/01, 00:45

Paraná

Previsão chegada: 14/01, 07:50

Rio Grande do Sul

Previsão chegada: 14/01, 00:45

Santa Catarina

Previsão chegada: 14/01, 08:25

Estadão
Publicidade
Publicidade