PUBLICIDADE

Bolsonaro: Para toda ação desproporcional, a reação é forte

Presidente afirmou que o governo busca o diálogo e solução para todos os problemas

12 abr 2020 15h47
| atualizado às 20h50
ver comentários
Publicidade

Jair Bolsonaro voltou a utilizar as redes sociais na tarde deste domingo, 12, para criticar as medidas de isolamento social. O presidente divulgou um vídeo de um grupo de apoiadores que fizeram um bloqueio nas estradas do Pará após o governador Helder Barbalho determinas restrições ao funcionamento das rodovias.

09/04/2020
REUTERS/Adriano Machado
09/04/2020 REUTERS/Adriano Machado
Foto: Reuters

"Governador do Pará fechou as estradas em um ato ditador, lutando contra o nosso presidente Jair Messias Bolsonaro. Comunidade se revoltou e parou tudo, não passa caminhão, não passa nada. Se é para impedir o direito de ir e vir... Parabéns, governador do Pará", diz o homem que faz as imagens no vídeo.

Bolsonaro, mais uma vez, afirmou que as medidas de distanciamento são as responsáveis pelo desemprego. "Além do vírus, agora também temos o desemprego, fruto do "fecha tudo" e "fica em casa", ou ainda o "te prendo"", escreveu.

 

 

"Para toda ação desproporcional, a reação também é forte. O Governo Federal busca o diálogo e solução para todos os problemas, e não apenas um", acrescentou o presidente.

Nos úlimos dias, Bolsonaro tem desrespeitados as orientações do Ministério da Saúde e circulado tranquilamente pelas ruas, causanddo aglomerações. Ele foi visto em padaria, farmácia e hospital, sempre cumprimentando apoiadores e sem se preocupar com os cuidados básico de higiene recomendados pela OMS (Organização Mundial da Saúde), como utilizar máscara e álcool em gel, além de evitar apertos de mãos.

Veja também:

O drama das periferias brasileiras em meio à pandemia:
Fonte: Equipe portal
Publicidade
Publicidade