3 eventos ao vivo

São Paulo tem dia mais quente do inverno e calor vai aumentar

Ar seco e calor predominam em todo o estado

11 set 2017
18h54
  • separator
  • comentários

A tarde de 11 de setembro foi a mais quente do inverno na cidade de São Paulo . Na medição das 15 horas, o Instituto Nacional de Meteorologia registrou 31,9°C na estação meteorológica no Mirante de Santana, zona norte da capital. Esta temperatura foi a mais alta do inverno de 2017, superando os 31,1°C registrados no dia 30 de agosto.

Além da tarde mais quente do inverno, a cidade de São Paulo também teve a madrugada mais quente desta estação, com temperatura mínima 18,3°C . O recorde anterior de maior temperatura mínima do inverno era 17,5°C, no dia 9 de agosto.

O Instituto Nacional de Meteorologia informou também que a temperatura máxima registrada às 15 horas desta segunda-feira foi a mais elevada desde 23 de fevereiro, quando a temperatura chegou aos 33,2 °C. A maior temperatura do inverno de 2016 foi de 33,0°C no dia 18 de setembro de 2016.

Vai esquentar mais?

O calor foi intenso em todo o estado de São Paulo nesta segunda-feira. A maior temperatura no estado registrada nas estações do Instituto Nacional de Meteorologia foi de 37,2°C, em Jales.

A temperatura sobe mais na região da Grande São Paulo ainda está semana e o recorde de maior temperatura do inverno poderá ser batido mais de uma vez. No interior, nas áreas mais quentes do oeste e norte do estado, a temperatura à tarde nos próximos dias fica entre 36°C e 39°C. A tendência é de elevação da temperatura até a sexta-feira também no litoral. No sábado, o calor diminui no litoral e na Grande São Paulo com a entrada de ventos frescos de uma frente fria, mas que não deve provocar chuva, apenas um aumento da nebulosidade no leste do estado.

Veja como vai ficar a temperatura na cidade de São Paulo até o fim da semana.

Os paulistas vão conviver com o calorão, a seca e o sol forte até o fim do inverno. A estação termina às 17h02 do dia 22 de setembro quando se inicia a primavera.

Ar seco

Junto com o calor, São Paulo teve outra tarde muito seca. A umidade relativa do ar às 15 horas registrada na estação convencional do Mirante de Santana foi de 28%, a quinta mais baixa do ano e também do inverno. A menor umidade do ano até agora foi de 25% na tarde de 4 de setembro.

Valores de umidade relativa do ar ainda mais baixos foram registrados em setembro dos últimos três anos, segundo o INMET: 19% em 2014; 20% em 2015 e 24% em setembro de 2016.

No interior, a secura do ar foi ainda mais intensa. O nível de umidade no ar baixou para 15% em Valparaíso e em Lins, 13% em Jales, 14% em José Bonifácio, em Barretos e em Ituverava

Nao há previsão de chuva para o estado de São Paulo nos próximos dias.

Foto: Climatempo

Foto: Marcelo Pinheiro, São Paulo (SP)

Climatempo

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade