1 evento ao vivo

Dilma diz que luta contra mudança climática é compatível com o crescimento

23 set 2014
13h35
  • separator

A presidente Dilma Rousseff disse nesta terça-feira na ONU que o desenvolvimento econômico é compatível com a luta contra a mudança climática e assegurou que o Brasil é boa prova disso com o conquistado nos últimos anos.

"O Brasil não faz promessas, mas mostra resultados", disse Dilma em seu discurso na Cúpula do Clima convocada pelo secretário-geral das Nações Unidas, Ban Ki-moon.

Dilma, que tenta a reeleição, disse que o Brasil conquistou "resultados notáveis" nos últimos anos, limitando emissões e freando o desmatamento, mas sem sacrificar o âmbito socioeconômico.

"O crescimento de nossas economias é compatível com a redução de emissões", insistiu Dilma, que destacou que o Brasil conseguiu ao mesmo tempo reduzir a pobreza e a desigualdade social e proteger o meio ambiente.

Essa experiência, indicou a presidente, demonstra que "um modelo socialmente equitativo e que respeite o meio ambiente é possível".

Com relação às negociações para um acordo internacional sobre o clima, Dilma defendeu a necessidade de haver "medidas equilibradas e ambiciosas" que respeitem os princípios de "equidade e responsabilidades comuns, mas diferenciadas".

Além disso, Dilma assegurou que o Brasil está junto às centenas de milhares de pessoas que no domingo saíram às ruas para exigir ações contundentes contra o aquecimento global.

Veja também:

Como era ser uma criança negra na Alemanha pós-guerra
EFE   
publicidade