PUBLICIDADE

SP flexibiliza quarentena e permite reabertura do comércio

Estado tem 85,3% dos leitos de unidade de terapia intensivo ocupados

16 abr 2021
13h18 atualizado às 13h50
0comentários
13h18 atualizado às 13h50
Publicidade

O governo do Estado de São Paulo fez uma nova flexibilização das medidas de restrição para conter a covid-19 e permitirá, já a partir do próximo domingo, a reabertura do comércio e a retomada de cultos religiosos e, no final de semana seguinte, a volta à atividade de restaurantes, salões de beleza e academias.

O vice-governador do Estado de São Paulo, Rodrigo Garcia
O vice-governador do Estado de São Paulo, Rodrigo Garcia
Foto: Abraão Soares / Futura Press

O anúncio foi feito pelo vice-governador do Estado, Rodrigo Garcia (DEM), durante coletiva de imprensa no Palácio dos Bandeirantes, sede do governo paulista, em um momento em que o Estado tem 85,3% dos leitos de unidade de terapia intensivo ocupados e no dia em que o Estado registrou 791 mortes por covid-19 em 24 horas.

"A ideia da criação dessa fase de transição é que a gente possa dar passos seguros sem o risco de retroceder", disse Garcia em entrevista coletiva, acrescentando que a nova flexibilização é "consequência da queda de internação, da queda dos números da pandemia aqui no Estado de São Paulo".

Ruas vazias com endurecimento de medidas contra a Covid-19 em São Paulo
06/03/2021
REUTERS/Carla Carniel
Ruas vazias com endurecimento de medidas contra a Covid-19 em São Paulo 06/03/2021 REUTERS/Carla Carniel
Foto: Reuters
Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
Publicidade
Publicidade