Rio de Janeiro adota restrições e toque de recolher

Estado fecha casas noturnas, feiras e limita bares e restaurantes para tentar conter avanço da covid-19

4 mar 2021
08h09 atualizado às 08h12
0comentários
08h09 atualizado às 08h12
Publicidade

A cidade do Rio de Janeiro adotará medidas restritivas e toque recolher noturno na tentativa de frear a disseminação da covid-19 informou a prefeitura da capital fluminense nesta quinta-feira.

Banhistas durante pandemia de Covid-19 em praia do Rio de Janeiro
16/02/2021 REUTERS/Ricardo Moraes
Banhistas durante pandemia de Covid-19 em praia do Rio de Janeiro 16/02/2021 REUTERS/Ricardo Moraes
Foto: Reuters

As medidas foram publicadas no Diário Oficial do município e entram em vigor na sexta-feira. Ela terão validade até 11 de março. A circulação de pessoas será proibida na cidade das 23h às 5h, de acordo com a publicação no DO.

"O horário de funcionamento de bares, lanchonetes, restaurantes e congêneres, para o atendimento presencial de qualquer natureza, fica restrito ao período entre 6h e 17h, com a circulação de público limitada a 40% da capacidade instalada, incluindo-se aqueles que funcionam no interior de shoppings e centros comerciais", afirma o decreto publicado no Diário Oficial.

A prefeitura decidiu limitar também atividades comerciais nas praias e o funcionamento de feiras livres. As medidas prevêem ainda que eventos, apresentações, boates e casas de festas não podem funcionar nesse período de restrição mais dura.

A decisão foi tomada, de acordo com a prefeitura, para conter o avanço da covid-19 e devido à circulação de novas variantes do coronavírus na cidade e no Estado.

A cidade do Rio já registrou mais de 208 mil casos confirmados de covid-19 e quase 19 mil mortes provocadas pela doença.

Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
Publicidade
Publicidade