0

STF barra impressão de comprovante de voto nas eleições

Esse trecho da lei já estava suspenso liminarmente por determinação do plenário do Supremo às vésperas da eleição presidencial de 2018

15 set 2020
16h05
atualizado às 16h12
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

O Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu barrar uma norma que previa a impressão de um comprovante de votação pela urna eletrônica, conforme previa a minirreforma eleitoral de 2015.

Urnas eletrônicas em Curitiba, em outubro de 2018
22/10/2018
REUTERS/Rodolfo Buhrer
Urnas eletrônicas em Curitiba, em outubro de 2018 22/10/2018 REUTERS/Rodolfo Buhrer
Foto: Reuters

Esse trecho da lei já estava suspenso liminarmente por determinação do plenário do Supremo às vésperas da eleição presidencial de 2018.

Com o julgamento de agora do plenário do Supremo, em votação virtual, a decisão se tornou definitiva.

O presidente Jair Bolsonaro já fez defesas públicas da adoção do voto impresso em eleições, ao alegar --sem apresentar provas-- que haveria fraudes no sistema eletrônico de votação.

Veja também:

Bolsonaro fala em 'cartão vermelho' para quem sugere congelar aposentadorias e enterra Renda Brasil
Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade