PUBLICIDADE

Política

Políticos batem boca nas redes após tentativa de assalto que deixou Tabata Amaral ferida em SP

Ricardo Salles, Alessandro Vieira e a própria Tabata discutiram após ironia do bolsonarista; assessor do ex-presidente e secretária de Tarcísio também comentaram

9 dez 2023 - 20h32
Compartilhar
Exibir comentários

A tentativa de assalto à deputada federal Tabata Amaral (PSB), que deixou a parlamentar e pré-candidata à Prefeitura de São Paulo ferida, gerou bate-boca entre políticos nas redes sociais. Aliados do ex-presidente Jair Bolsonaro ironizaram o episódio e foram respondidos tanto por Tabata quanto por outros parlamentares. Em suas redes, Tabata publicou um vídeo em que mostra o lábio e mão cortada e o vidro do carro estilhaçado na tentativa de roubo do celular. Ela e um assessor estavam saindo de um evento do partido no Sindicato dos Padeiros, na Rua Major Diogo, na região da Bela Vista quando ocorreu o crime.

Deputada Tabata Amaral sofre tentativa de assalto no centro de São Paulo
  • Tentativa de furto a repórter de Rede Globo vira pauta de adversários de Nunes à Prefeitura de SP
  • O deputado federal Guilherme Boulos (PSOL), também pré-candidato, disparou: "Uma cidade sem comando nem controle. São Paulo está abandonada!".

    Já o deputado federal Kim Kataguiri (União Brasil), que também tem intenção de concorrer, afirmou que "é um absurdo o centro de São Paulo estar largado aos criminosos dessa forma".

    A Prefeitura reagiu afirmando que questões relacionadas à segurança pública devem ser destinadas à Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo (SSP), que não respondeu na ocasião. A Constituição dá aos Estados a atribuição de zelar pela área. No caso de SP, a Guarda Civil Metropolitana também tem a tarefa de contribuir com a segurança.

    Estadão
    Compartilhar
    Publicidade
    Publicidade