1 evento ao vivo

"Não doem dinheiro pra ONG", diz Bolsonaro em live semanal

Em live, o presidente voltou a criticar ONGs e defendeu o excludente de ilicitude para GLOs

28 nov 2019
20h35
atualizado às 21h14
  • separator
  • 0
  • comentários

O presidente Jair Bolsonaro voltou a criticar ONGs ambientalistas em sua transmissão semanal no Facebook, nesta quinta-feira, 28. Comentando a prisão preventiva dos quatro brigadistas da organização Brigadas de Alter do Chão do Pará, acusados de serem os responsáveis por queimadas no mês de setembro, o presidente reforçou as acusações e desdenhou dos jovens, por supostamente terem estilo de vida de luxo. Bolsonaro disse que viu fotos das casas dos jovens, mas não tinha certeza da veracidade delas.

Gilson Machado Neto, presidente da Embratur, e Jair Bolsonaro em transmissão ao vivo semanal.
Gilson Machado Neto, presidente da Embratur, e Jair Bolsonaro em transmissão ao vivo semanal.
Foto: Reprodução Facebook / Estadão Conteúdo

"Logicamente o mundo não está vendo o que eu estou falando aqui, mas não doem dinheiro para ONG. ONGs não estão lá [na Amazônia] para preservar ambiente, mas em causa própria" afirmou Bolsonaro.

Pouco mais de uma hora antes da transmissão, nesta quinta-feira, o juiz Alexandre Rizzi soltou os quatro. Cerca de 180 entidades ambientalistas e de direitos humanos criticaram a prisão dos brigadistas por suspeita de ligação com incêndios florestais no Pará. A WWF - organização que, segundo a Polícia Civil, teria sido vítima de desvio de verba pelo grupo suspeito - condenou "a falta de clareza" sobre a investigação. Disse ainda repudiar "ataques a seus parceiros e as mentiras envolvendo o seu nome".

Excludente de ilicitude

O presidente também voltou a defender o excludente de ilicitude para militares em operações de Garantia da Lei e da Ordem (GLO) ao afirmar que o projeto de lei não tem por trás uma intenção de contenção de manifestações "na base da bala".

"Se um governador entende que tem que mandar uma Força [de Segurança Nacional] para lá, eles estão indo num ambiente onde praticamente o terrorismo está instalado, pessoal queima ônibus, atenta contra a vida de inocentes, depreda patrimônio público e privado, taca fogo em ônibus" disse o presidente.

Veja também:

 

Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade