2 eventos ao vivo

Espero que Bolsonaro debata 'olho no olho', diz Haddad em MG

Em recuperação após atentado, candidato do PSL não foi ao debate promovido pela Globo

5 out 2018
13h39
atualizado às 13h57
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Em segundo lugar nas pesquisas de intenção de voto, e ainda vendo o rival Jair Bolsonaro (PSL) subir mais, o candidato do PT à Presidência da República, Fernando Haddad, afirmou nesta sexta-feira, 5, que o adversário se esconde nas redes sociais e que quer que o oponente debata "frente a frente".

Haddad, ao lado do candidato à reeleição pelo PT ao governo de Minas, Fernando Pimentel, da ex-presidente Dilma Rousseff (PT), que disputa vaga ao Senado pelo Estado, e da vice Manuela D'Ávila (PCdoB), participou de ato público em Venda Nova, Belo Horizonte.

O candidato à Presidência da República pelo PT, Fernando Haddad
O candidato à Presidência da República pelo PT, Fernando Haddad
Foto: André Moreira / Fotoarena / Estadão Conteúdo

Sobre a possibilidade de a disputa ir para o segundo turno, o petista disse que "a expectativa é que ele (Bolsonaro) debata". "Frente a frente. Olho no olho. Ao invés de usar as redes sociais para se esconder", afirmou. Haddad disse ainda que a campanha vai "atuar nas redes sociais contra a difamação e a injúria".

Alegando recomendação médica, o candidato do PSL não compareceu ao debate promovido pela TV Globo nesta quinta-feira (5), mas deu entrevista à TV Record. Bolsonaro se recupera de uma facada na barriga. O atentado contra o deputado foi em ato de campanha na cidade mineira de Juiz de Fora.

Veja também

 

Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade