1 evento ao vivo

Com apoio de Doria, OAB-SP lança movimento pró-democracia

Na cerimônia, realizada virtualmente, também esteve presente o presidente da Câmara Municipal de São Paulo, Eduardo Tuma

5 jun 2020
16h32
atualizado às 16h53
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator
Nesta sexta-feira, 5, a seção paulista da Ordem dos Advogados do Brasil lançou em cerimônia virtual o "Movimento Democracia Sempre"
Nesta sexta-feira, 5, a seção paulista da Ordem dos Advogados do Brasil lançou em cerimônia virtual o "Movimento Democracia Sempre"
Foto: Youtube OAB-SP/reprodução / Estadão Conteúdo

Na esteira de manifestos em defesa da democracia que ganharam força nos últimos dias, a seção de São Paulo da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-SP) lançou nesta sexta-feira (5) o "Movimento Democracia Sempre". O anúncio da iniciativa, que foi feito virtualmente pelo presidente da OAB-SP, Caio Augusto Silva dos Santos, contou com apoio do governador de São Paulo, João Doria (PSDB), do presidente da Câmara Municipal de São Paulo, vereador Eduardo Tuma (PSDB), de representantes do Ministério Público Estadual e do Tribunal de Contas Estadual, entre outros.

"Estaremos ao lado da OAB, ao lado de todas as instituições e brasileiros que, aqui de São Paulo, dirão um não a qualquer movimento autoritário ou qualquer movimento que busque um regime ditatorial no País", afirmou Doria.

Dirigindo-se ao presidente da OAB-SP, Doria também criticou a atuação de apoiadores do presidente Jair Bolsonaro em manifestações recentes. "Conte com o governo de São Paulo, conte com o governador de São Paulo, e conte com cidadão João Doria para defender a democracia, e para ao seu lado, assim como todos que aqui estão, segurar a bandeira brasileira - a verdadeira bandeira brasileira, não a dos falsos patriotas, que estão desfilando sem máscara em Brasília, agredindo, xingando, ou portando armamentos para transformar o País numa praça de guerra", disse Doria.

Eduardo Tuma, que representou o prefeito Bruno Covas (PSDB), também endossou a iniciativa. "A Câmara Municipal se sente honrada de participar na defesa da democracia", afirmou o vereador, que também se manifestou contra a prorrogação de mandatos e o adiamento das eleições municipais de 2020.

Em texto lido durante a transmissão, a OAB-SP afirmou que "o Movimento Democracia Sempre será um observatório, um escudo aos retrocessos civilizatórios e um núcleo de defesa contra todas as ameaças antidemocráticas, por meio do qual serão reiteradamente reafirmados o dever e a responsabilidade de defesa das mensagens #DemocraciaSempre e #AutoritarismoNão".

A seção paulista da Ordem comunicou, por meio de sua assessoria de imprensa, que também está elaborando um documento para formalizar o movimento, e que ainda está no processo de articular adesões.

O lançamento da iniciativa acontece no momento em que uma onda de manifestos assinados por personalidades brasileiras de diferentes setores da sociedade em defesa da democracia e em oposição ao presidente Jair Bolsonaro ganha volume.

Veja também:

Bolsonaro já admitiu que Wassef era seu advogado
Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade