1 evento ao vivo

Bolsonaro passa bem após cirurgia de cinco horas

Essa é a quarta cirurgia a que o presidente é submetido após ter recebido a facada; procedimento foi bem-sucedido e quadro é estável

8 set 2019
14h01
atualizado às 19h36
  • separator
  • 0
  • comentários

A cirurgia do presidente da República, Jair Bolsonaro, terminou às 12h40 deste domingo após cerca de cinco horas de duração. A informação é da assessoria de imprensa do Palácio do Planalto. Segundo o Hospital Vila Nova Star, na capital paulista, onde ocorreu o procedimento, a operação foi iniciada às 7h35.

Bolsonaro usou as redes sociais horas depois para agradecer o apoio recebido e garantir que "está bem". Ele também afirmou que "logo estará de volta ao campo". Filho do presidente, o senador Flávio Bolsonaro comunicou por meio das redes sociais, às 15h08, que o pai já se encontrava no quarto e estava "disposto e bem-humorado" depois da cirurgia. 

Jair Bolsonaro foi submetido a nova cirurgia neste domingo (8)
Jair Bolsonaro foi submetido a nova cirurgia neste domingo (8)
Foto: Cláudio Reis / Frame Photo / Estadão Conteúdo

A retirada de uma hérnia incisional do presidente é a quarta cirurgia após ele ter recebido uma facada em Juiz de Fora (MG) em 6 de setembro do ano passado. De acordo com o médico Antonio Luiz de Vasconcellos Macedo, mesmo cirurgião que comandou as últimas duas operações, realizadas no Hospital Albert Einstein, em São Paulo, a intervenção deste domingo é mais simples. Inicialmente tinha previsão de durar cerca de três horas.

"O procedimento foi bem-sucedido, realizado pelo cirurgião chefe Dr. Antonio Luiz de Vasconcellos Macedo e sua equipe. A técnica utilizada foi a hernioplastia incisional com implantação de tela. O paciente fará sua recuperação em apartamento e apresenta quadro clínico estável. Por orientação médica, estará com visitas restritas", diz um boletim lido pelo porta-voz da Presidência da República, Otávio Rêgo Barros.

Segundo Macedo, Bolsonaro deve começar a receber uma dieta líquida a partir desta segunda-feira (9). "É lícito imaginar que deva ter recuperação em cinco ou seis dias e possa viajar em uma semana ou 10 dias", disse o cirurgião.

O presidente tem viagem marcada para o fim de setembro, quando discursará na Assembleia Geral das Nações Unidas (ONU), em Nova York. A sessão com a fala de Bolsonaro está marcada para 24 deste mês, daqui a 16 dias.

Bolsonaro deve se licenciar do cargo por cinco dias, segundo informou o Palácio do Planalto. Ele deu entrada no hospital na noite de ontem (7). A previsão é que o presidente retome o cargo ainda no hospital, mas somente após um período inicial de recuperação. Ao todo, ele deve permanecer internado por até dez dias.

Com Agência Brasil e Ansa

Veja também

 

Fonte: Equipe portal
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade