PUBLICIDADE

Política

Ambulantes vendem bandeiras de Israel e EUA em ato pró-Bolsonaro no Rio

A bandeira do país norte-americano é vendida por R$ 80. A do país do Oriente Médio, de R$ 60 a R$ 75

21 abr 2024 - 10h59
(atualizado às 12h18)
Compartilhar
Exibir comentários
Resumo
Ato em defesa do ex-presidente Jair Bolsonaro tem comércio informal de bandeiras de Israel e Estados Unidos na Praia de Copacabana, no Rio de Janeiro, para demonstração de força e preparação para as eleições municipais.
Bandeiras de Israel sendo vendidas durante ato pró-Bolsonaro em Copacabana
Bandeiras de Israel sendo vendidas durante ato pró-Bolsonaro em Copacabana
Foto: Hugo Henud/Terra/Reprodução/Redes Sociais

A preparação para o ato em defesa do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL), na Praia de Copacabana, no Rio de Janeiro, na manhã deste domingo, 21, conta com um comércio informal de bandeiras de Israel e Estados Unidos, países considerados referências para o movimento conservador e à direita brasileiro.

As bandeiras do país norte-americano são vendidas por, em média, R$ 80. As do país do Oriente Médio, de R$ 60 a R$ 75. Bandeiras brasileiras são comercializadas por R$ 60.

A manifestação convocada para este domingo deve reunir milhares de apoiadores de Jair Bolsonaro no momento em que o ex-presidente é pressionado por investigações sob cuidados do Supremo Tribunal Federal (STF). Entre elas, a investigação que apura uma tentativa de golpe de estado.

O ato é uma demonstração de força e apoio popular. Também é considerada uma preparação de aliados de Bolsonaro para as eleições municipais.

Estadão
Compartilhar
Publicidade
Publicidade