2 eventos ao vivo

Rio: OAB quer peritos independentes na apuração das mortes da Maré

1 jul 2013
16h22
atualizado às 16h26
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

O presidente da Comissão Nacional de Direitos Humanos da OAB, Wadih Damous, irá propor nesta segunda-feira à ministra de Direitos Humanos da Presidência da República, Maria do Rosário, a designação de peritos independentes para atuarem no caso das mortes ocorridas na Favela da Maré, no Rio de Janeiro, semana passada, em decorrência da operação realizada pelo Bope.

A Polícia Militar entrou na comunidade, no fim da tarde da última segunda-feira, em busca de homens que aproveitaram uma manifestação nas proximidades para promover arrastão, roubando mercadorias de lojas e assaltando motoristas que passavam pela avenida Brasil. Entre os mortos estão um policial do Batalhão de Operações Especiais (Bope) e outros dois moradores que não tinham antecedentes criminais.

A Anistia Internacional também criticou a ação da Polícia Militar do Rio de Janeiro durante a operação na favela Nova Holanda. Segundo o assessor de Direitos Humanos da entidade, Maurício Santoro, a polícia agiu totalmente fora dos padrões do Estado de Direito. Ele acredita que os policias tenham sido movidos por um sentimento de revide por causa da morte do companheiro.

Veja também:

Bolsonaro fala em 'cartão vermelho' para quem sugere congelar aposentadorias e enterra Renda Brasil
Jornal do Brasil Jornal do Brasil
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade