5 eventos ao vivo

MA: 3º lavrador é preso por pedofilia na cidade de 'Fritzl'

25 jun 2010
17h09
atualizado às 17h18

Daniel Favero

Foi preso na cidade de Pinheiro (MA), nesta sexta-feira, o terceiro lavrador acusado de abusar da filha, segundo informou a delegada regional Laura Barbosa. De acordo com a polícia, a denúncia foi feita por um vizinho que deu abrigo para a criança de 10 anos. Um exame confirmou que a menina não era mais virgem.

Este é o terceiro caso semelhante registrado na mesma cidade, só no mês de junho. No dia 8, o lavrador José Agostinho Bispo Pereira foi preso e indiciado pela polícia, acusado de estuprar as duas filhas com quem teve oito filhos-netos, além de ter abusado de duas dessas crianças. Ele chegou a ser chamado de Fritzl do Maranhão (em referência ao caso do austríaco que manteve a filha trancada em um porão por mais de 20 anos). No dia 17, o também lavrador Raimundo Pimentel Correia, 69 anos, foi preso acusado de abusar sexualmente da filha de 12 anos. Em depoimento à polícia, a jovem disse que foi abusada pelo pai, pelos irmãos e até por vizinhos.

De acordo com a delegada Laura, nesse terceiro caso, a criança e o irmão viviam sozinhos com o pai, José Raimundo Pereira, 37 anos. A mãe mora no Estado do Amapá. Em depoimento à polícia, a menina confirmou os abusos e disse que constantemente fugia do pai. "Ele corria atrás dela e, durante uma das fugas, chegou a dar tiros e procurar a menina com um facão. Ela se escondeu na casa de vizinhos, onde já estava há dois dias", disse.

De acordo com a delegada, o pai, que é alcoólatra e usuário de drogas, já foi preso e ainda será ouvido. "O Conselho Tutelar já sabia desse caso, mas ainda estava fazendo levantamentos, mas como ela foi trazida por um vizinho agimos", afirmou, informando que ainda vai chamar testemunhas para prestarem depoimento.

Fonte: Redação Terra
publicidade