2 eventos ao vivo

Escola do massacre era bem vista em Suzano

Unidade tem 1.058 alunos - 381 dos anos finais do fundamental e 677 do médio

14 mar 2019
03h16
atualizado às 08h05
  • separator
  • comentários

Perto do centro, a Escola Estadual Raul Brasil é uma das mais tradicionais de Suzano (SP). Foi considerada, nas décadas de 1960, 1970 e 1980 uma das melhores da cidade. Pelo Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb), avaliação federal, esteve acima ou muito perto da meta para os 8° e 9° anos do fundamental. Em 2011, 2013 e 2017, superou a meta fixada pelo governo.

A unidade tem 1.058 alunos - 381 dos anos finais do fundamental e 677 do médio. No local, também funciona o Centro de Estudos de Línguas (CEL), com 1.534 estudantes. Lá trabalham 63 professores e há laboratórios de informática e quadra coberta.

Moradores deixaram flores em homenagem às vítimas na escola Raul Brasil, em Suzano
Moradores deixaram flores em homenagem às vítimas na escola Raul Brasil, em Suzano
Foto: Ueslei Marcelino / Reuters

O secretário da Educação paulista, Rossieli Soares, disse não ser possível precisar se havia casos de bullying na escola, mas afirmou que o tema é tratado na rede. "Não se pode imaginar que se possa chegar a um nível dessa tragédia". A unidade, disse, tem "mais de 16 câmeras, que estavam funcionando".

A deputada federal Kátia Sastre (PR-SP), PM que ficou conhecida após reagir a um roubo na porta de uma escola de Suzano em 2018, foi aluna do Raul Brasil. "Eu, aqui no Congresso, vou agravar a pena para esses criminosos", disse nessa quarta-feira, 13, nas redes sociais.

Veja também

 

Estadão

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade