0

Caso Henry Borel: o que se sabe sobre a morte da criança de 4 anos e prisão da mãe e do padrasto

Verador Dr. Jairinho, padrasto do garoto, e a mãe do garoto foram presos nesta quinta-feira por atrapalhar as investigações; casal é suspeito pelo crime.

8 abr 2021
13h58
atualizado às 15h35
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator
Dr Jairinho (saindo do carro) e Monique (à frente na foto), presos nesta quinta, estão sendo acusados de atrapalhar as investigações sobre a morte do filho dela
Dr Jairinho (saindo do carro) e Monique (à frente na foto), presos nesta quinta, estão sendo acusados de atrapalhar as investigações sobre a morte do filho dela
Foto: Alamy / BBC News Brasil

A Polícia Civil no Rio de Janeiro prendeu temporariamente nesta quinta-feira (8/4) o vereador Dr. Jairinho (Solidariedade) e a namorada dele, Monique Medeiros. Ambos foram presos por atrapalhar as investigações sobre a morte de Henry Borel Medeiros, de 4 anos, que ocorreu no dia 8 de março de 2021.

O menino Henry, filho de Monique e afilhado de Dr. Jairinho, foi encontrado morto no apartamento dela, com diversas lesões graves pelo corpo. Ela e Dr. Jairinho, padrasto do menino, disseram à polícia que o garoto teria sofrido um acidente doméstico no dia.

Vereador Dr. Jairinho e mãe de Henry são presos no Rio

O laudo do IML, porém, apontou que o garoto sofreu diversas lesões graves em diversas partes do corpo. A perícia apontou ainda que a causa da morte foi uma hemorragia interna e uma laceração no fígado causada por uma ação contundente.

Segundo o delegado responsável pela investigação, Henrique Damasceno, hoje o casal é investigado por homicídio duplamente qualificado. Isso porque foi usada tortura e por emprego de recursos que causaram impossibilidade de defesa da vítima, segundo ele.

Dr. Jairinho é vereador no Rio
Dr. Jairinho é vereador no Rio
Foto: Renan Olaz/CMRJ / BBC News Brasil

O delegado disse que a babá do garoto, que tinha um vínculo estreito com o casal, mentiu durante o depoimento. Isso aponta, segundo ele, que houve uma interferência dos investigados.

A investigação também identificou, por meio de capturas de tela de celulares, que a criança sofria uma rotina de sofrimento e agressão nas mãos do casal.

Reprodução de site criado pelo casal para se defender; eles alegam que Henry sofreu um acidente doméstico
Reprodução de site criado pelo casal para se defender; eles alegam que Henry sofreu um acidente doméstico
Foto: Reprodução / BBC News Brasil

A Polícia Civil disse que o casal deve ser indiciado e, caso o promotor aceite a denúncia, serão denunciados e levados a julgamento.

De acordo com a polícia, Dr. Jairinho também é investigado por agredir a filha de uma ex-namorada dele.

Segundo o delegado responsável pela investigação, Henrique Damasceno, hoje o casal é investigado por homicídio duplamente qualificado
Segundo o delegado responsável pela investigação, Henrique Damasceno, hoje o casal é investigado por homicídio duplamente qualificado
Foto: Reprodução / BBC News Brasil
BBC News Brasil BBC News Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita da BBC News Brasil.
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade