PUBLICIDADE

Zara zerou: o código usado pela loja que coleciona polêmicas

Termo era usado para avisar funcionários sobre a entrada de pessoas negras ou que estivessem com roupas simples, diz a polícia

21 out 2021 15h42
| atualizado às 15h48
ver comentários
Publicidade

A Polícia Civil do Ceará concluiu o inquérito sobre a abordagem racista do gerente de uma das lojas Zara em Fortaleza. Além disso, durante a investigação também foi constatado que a rede de lojas possui um código secreto para a avisar os seus funcionários sobre a entrada de pessoas negras ou com 'roupas simples'.

Nas palavras do delegado-geral da Polícia Civil do Estado, Sérgio Pereira, esse tipo de tratamento da loja já foi registrado diversas vezes, e não só aqui no país.
Nas palavras do delegado-geral da Polícia Civil do Estado, Sérgio Pereira, esse tipo de tratamento da loja já foi registrado diversas vezes, e não só aqui no país.
Foto: Reprodução / SSPDS-CE

Esta, no entanto, não é a primeira vez que a empresa se envolve em episódios polêmicos no País. Veja a abordagem no vídeo e entenda o caso.

Zara zerou: o código usado pela loja que coleciona polêmicas:

 

Fonte: Equipe portal
Publicidade
Publicidade