Polícia investiga mulher suspeita de racismo no Metrô de SP

A Polícia Civil de São Paulo investiga um suposto caso de racismo que ocorreu na noite desta segunda-feira, 2, na estação Ana Rosa do Metrô da capital paulista. Segundo boletim de ocorrência, uma mulher branca teria perguntado a uma mulher negra se ela poderia se afastar e "tirar o cabelo" de perto dela, pois poderia "passar alguma doença". Ao verem a cena, pessoas que estavam próximas às duas mulheres passaram a gravar o diálogo e confrontar a mulher branca. Sob gritos de ''racista'', a suspeita deixou a estação escoltada por policiais militares e seguranças. Identificada em seu depoimento como Agnes Vajda, a mulher que fez as ofensas trabalha no Consulado da Hungria em São Paulo.

Fonte: Redação Terra
Publicidade

Vídeos relacionados

Recomendado para você

Publicidade