0

Marcha para lembrar um ano da tragédia encontra Ministério Público fechado

No dia que marca o primeiro ano da tragédia que matou 242 pessoas em Santa Maria, familiares e amigos de vítimas da Boate Kiss saíram da frente do estabelecimento em uma caminhada que passou pela prefeitura e chegou até a sede do Ministério Público. Descontentes com o andamento do processo que tramita, os manifestantes criticaram a atuação do MP, se sentaram no asfalto e bateram em tambores improvisados enquanto gritavam slogans como "justiça!" e "acorda, Santa Maria!"
No dia que marca o primeiro ano da tragédia que matou 242 pessoas em Santa Maria, familiares e amigos de vítimas da Boate Kiss saíram da frente do estabelecimento em uma caminhada que passou pela prefeitura e chegou até a sede do Ministério Público. Descontentes com o andamento do processo que tramita, os manifestantes criticaram a atuação do MP, se sentaram no asfalto e bateram em tambores improvisados enquanto gritavam slogans como "justiça!" e "acorda, Santa Maria!"
Foto: Marcelo Becker / Terra
publicidade