PUBLICIDADE

São Paulo registra aumento de quedas de árvores em 2014

3 jan 2015 19h03
| atualizado às 19h05
ver comentários
Publicidade
<p>Árvore que caiu no cruzamento das ruas Cubatão e Eça de Queirós, na Vila Mariana (zona sul de SP), e destruiu fios da rede elétrica</p>
Árvore que caiu no cruzamento das ruas Cubatão e Eça de Queirós, na Vila Mariana (zona sul de SP), e destruiu fios da rede elétrica
Foto: Janaina Garcia / Terra

A ocorrência de temporais nos fins de tarde e à noite nos últimos dias, na cidade de São Paulo, vieram acompanhadas de fortes rajadas de vento e resultaram, principalmente, em quedas de árvores. Apenas entre segunda (29) e quarta-feira (31), caíram 509 árvores.

Ao longo de todo o ano de 2014, foram registradas 2.252 quedas ante 1.861, em 2013, segundo balanço preliminar do Centro de Controle Operacional Integrado, órgão municipal. Nos dois primeiros dias deste ano, 71 árvores vieram abaixo, sendo 24 no dia 1º e 52 até as 19h30 de sexta-feira (2).

Uma delas interrompeu a passagem de veículos na rua Maria Paula, esquina com a avenida Brigadeiro Luiz Antônio, na região central, até o início da tarde deste sábado (3). A Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) informou que a via foi liberada por volta das 13h.

Em alguns casos foi necessário um trabalho conjunto com a Eletropaulo, distribuidora de energia, já que os galhos caíram sobre a rede elétrica. Uma das ocorrências foi registrada na região oeste e afetou, entre outros, os serviços da Polícia Federal. O órgão teve de suspender as emissões de passaportes, que só devem voltar ao normal na segunda-feira (5).

Por meio de nota, a prefeitura justificou que o aumento da queda de árvores é consequência dos ventos de até 96 quilômetros por hora que atingiram a cidade na madrugada da última segunda-feira, quando 326 árvores caíram. A maioria (91) tombou na região da Vila Mariana, na zona sul. Em 2011, ocorreram 2.497 quedas e, em 2012, 2.080.

Agência Brasil Agência Brasil
Publicidade
Publicidade