PUBLICIDADE

São Paulo 461 anos: veja o que mudou na cidade em 12 meses

As ciclovias, que eram uma promessa do então candidato a prefeito Fernando Haddad, ganharam fôlego em 2014

22 jan 2015 - 10h00
(atualizado às 11h26)
Ver comentários
Publicidade

O ônibus está mais caro e a água está acabando, mas, ao mesmo tempo, dois novos estádios foram inaugurados. Em apenas um ano, a cidade de São Paulo enfrentou diversas mudanças que mexeram com o cotidiano da maior metrópole do Brasil. Para os 461 anos a serem completados no domingo 25, selecionamos exemplos de fatos importantes que marcaram esses últimos 12 meses na capital. O que podemos dizer é que São Paulo mudou e, com certeza, continuará mudando.

Preço do transporte público

Ônibus já circulam com preço de nova tarifa
Ônibus já circulam com preço de nova tarifa
Foto: Luiz Cláudio Barbosa / Futura Press

Um dos maiores impactos no bolso do paulistano é o preço do transporte público. Após uma onda de protestos em 2013 que evitou a elevação do preço do ônibus, do Metrô e da CPTM de R$ 3 para R$ 3,20, um duro golpe no início de 2015 elevou as passagens para R$ 3,50.

O anúncio foi feito pelo prefeito de São Paulo, Fernando Haddad (PT), e logo depois seguido pelo governador do Geraldo Alckmin (PSDB). O aumento no Metrô e na CPTM, além dos ônibus, gerou uma série de manifestações pela cidade.

Por outro lado, Haddad implantou o passe livre para alunos de baixa renda e de escolas públicas.

Ônibus com ar-condicionado e wi-fi

Veículos novos começaram a rodar em 2014
Veículos novos começaram a rodar em 2014
Foto: Secom

Em setembro a cidade colocou em circulação os primeiros 20 ônibus com sistema de ar-condicionado, sendo que quatro contariam ainda com rede wi-fi. Os ônibus superarticulados são um meio-termo entre os modelos articulados e biarticulados e, com isso, aliam uma alta capacidade de transporte (174 pessoas), com maior conforto e agilidade, segundo a prefeitura.

A ideia da prefeitura é aumentar gradativamente o número de veículos desse tipo ao logo dos anos, com a troca natural das frotas.

Novidade no Metrô

Estação Fradique Coutinho, da Linha 4-Amarela do Metrô
Estação Fradique Coutinho, da Linha 4-Amarela do Metrô
Foto: Oswaldo Corneti / Fotos Públicas

Em 2014, a cidade de São Paulo recebeu mais uma estação de Metrô na Linha 4-Amarela.  Desde novembro, a estação Fradique Coutinho opera na linha que liga a Estação da Luz até o Butantã.

Ciclovias
O que era uma promessa de campanha se tornou realidade em 2013 e ganhou fôlego em 2014. A Prefeitura implantou ciclovias e ciclofaixas em vários pontos da cidade, incluindo ruas do Centro, passando pela praça da Sé e importantes avenidas. O trago de veículos, é claro, ficou mais complicado.

<p>A cidade ampliou o número de ciclovias ao longo de 2014</p>
A cidade ampliou o número de ciclovias ao longo de 2014
Foto: Eco Desenvolvimento

Monotrilho
Em agosto de 2014, foi inaugurado o primeiro trecho da Linha 15 - Prata do monotrilho em São Paulo. O novo meio de transporte liga as estações Vila Prudente e Oratório, na zona leste de São Paulo. Segundo o Metrô, a operação do Monotrilho ocorre todos os dias, das 9h às 14h.

Monotrilho é inaugurado em São Paulo
Monotrilho é inaugurado em São Paulo
Foto: Divulgação

Acabou a água

<p>Crise hídrica atingiu a cidade no último ano</p>
Crise hídrica atingiu a cidade no último ano
Foto: Demétrius Daffara / Eco Desenvolvimento

No dia 25 de janeiro de 2014, o Sistema Cantareira estava com 23,4% de seu volume e apresentava sinais de que enfrentaria um ano complicado. Doze meses depois, teve a primeira cota do volume morto completamente zerada. Atualmente, está com cerca de 5% da segunda cota do volume morto. Para o paulistano, restou economizar água para não ficar nem pagar multa. 

A volta do Tietê
O centenário Clube de Regatas Tietê reabriu em setembro de 2014 após ser fechado pela Prefeitura. Ele foi devolvido para a administração municipal após fechado em 2012 por causa de dívidas milionárias. Reformado, o clube pode começar a operar durante 24 horas nos finais de semana.

Clube foi reaberto para o público em 2014
Clube foi reaberto para o público em 2014
Foto: Fabio Arantes / Secom

IPTU
Fernando Haddad assinou um decreto em outubro que autoriza cobrança de IPTU mais alto para imóveis ociosos na cidade. Caso o imóvel continue sem uso, o valor aumenta gradativamente ao longo dos anos. 

Prefeitura reajustou o valor do IPTU na capital
Prefeitura reajustou o valor do IPTU na capital
Foto: Rafael Neddermeyer / Fotos Públicas

Em dezembro, a Prefeitura autorizou também o aumento de IPTU para os imóveis da cidade. Após várias discussões, ficou definido aumento de 10% para os residenciais e de até 15% nos de uso comercial.

Cracolândia
A Prefeitura comemorou nesta semana o que avalia ser um sucesso do programa Braços Abertos, na região da Cracolândia, no Centro. Em vigor há um ano, o projeto conseguiu reduzir em 80% o número de usuários de drogas que circulam diariamente pela região, segundo a administração municipal.

321 beneficiários do "De Braços Abertos" trabalham no serviço de varrição de ruas e recebem R$ 15 por dia e três refeições
321 beneficiários do "De Braços Abertos" trabalham no serviço de varrição de ruas e recebem R$ 15 por dia e três refeições
Foto: Prefeitura de São Paulo / Divulgação

O local chegou a receber por dia um fluxo de até 1.500 pessoas. Atualmente, cerca de 300 usuários passam por lá e ficam concentrados no cruzamento entre a alameda Cleveland e a rua Helvetia, a poucos metros de uma base móvel da Polícia Militar. Para muitos, porém, os usuários apenas deixaram a região e migraram para outros bairros.

O programa, que oferece emprego, alimentação, moradia e tratamento de saúde aos dependentes químicos, registra hoje 453 beneficiários. Desses, 21 foram contratados por uma empresa terceirizada (Guima Conseco) e trabalham com carteira assinada. Eles recebem R$ 820 por mês, vale-refeição de R$ 9,10 por dia, cesta básica de R$ 81,33 e vale-transporte. De acordo com a Prefeitura, todos eles comparecem diariamente ao trabalho e reduziram o consumo de drogas.

Crise na USP

Comissão ouviu funcionários da USP nesta terça-feira
Comissão ouviu funcionários da USP nesta terça-feira
Foto: Renato S. Cerqueira / Futura Press

A Universidade de São Paulo (USP) saltou de uma crise para outra entre janeiro de 2014 e janeiro de 2015. No ano passado, a principal polêmica da USP era em torno da administração e das greves recorrentes. Atualmente, a universidade está no centro de uma polêmica envolvendo casos de estupros que teriam sido praticados por estudantes.

Alunos, professores e funcionários da USP são ouvidos em uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI), que investiga as denúncias de alunas. O processo ainda está em andamento.

Cine Belas Artes

<p>O Cine Belas Artes reabriu em julho de 2014</p>
O Cine Belas Artes reabriu em julho de 2014
Foto: J. Duran Machfee / Futura Press

Em julho do ano passado, um marco da cultura de São Paulo voltou a existir após três anos fechado. O Cine Belas Artes foi reformado e reaberto com nova identidade: Caixa Belas Artes, no mesmo lugar, na rua da Consolação.

Arenas esportivas
Foi em 2014 que São Paulo ganhou dois estádios de última geração. A Arena Corinthians ficou pronta para receber a abertura da Copa do Mundo. Meses depois, a Allianz Parque, do Palmeiras, foi apresentada ao público, que pôde assistir partidas do campeonato brasileiro e dois shows do beatle Paul Mccartney.

<p>Allianz Parque foi inaugurado e já recebeu shows internacionais</p>
Allianz Parque foi inaugurado e já recebeu shows internacionais
Foto: WTorre / Divulgação

Veja 20 notícias que São Paulo merece receber de aniversário Veja 20 notícias que São Paulo merece receber de aniversário

Aniversário de São Paulo - 461 anos Aniversário de São Paulo - 461 anos 
Veja imagens da cidade antes e depois

Fonte: Terra
Publicidade
Publicidade