PUBLICIDADE

Represália por furto termina em morte por atropelamento em Igrejinha

Jovem detido confessa atropelamento motivado por represália a roubo

8 nov 2023 - 12h31
Compartilhar
Exibir comentários

Um homem de 22 anos foi detido em Igrejinha, localizado no Vale do Paranhana, acusado de cometer um homicídio intencional. A prisão ocorreu nesta terça-feira, segundo Ivanir Caliari, o delegado responsável pela região, após o jovem admitir ter atropelado deliberadamente uma pessoa mais cedo no mesmo dia. A ação teria sido um ato de revanche, motivada pelo roubo de uma televisão.

Foto: Jovem detido confessa atropelamento motivado por represália a roubo / Porto Alegre 24 horas

A ocorrência, que teve lugar na RS-115, resultou na morte de Kelvin da Silva Pinheiro, de 27 anos. A investigação conduzida pela Polícia Civil aponta que Kelvin teria subtraído a televisão da residência de seu padrasto, que, por coincidência, é pai do acusado.

A fatalidade foi reportada à Brigada Militar por volta das 9h45 da manhã de terça-feira. As autoridades foram acionadas para responder a um atropelamento na estrada na divisa entre Igrejinha e Três Coroas. A vítima, encontrada com uma televisão de tela danificada, teve seu óbito confirmado no local do incidente.

Relatos de testemunhas adicionaram detalhes à narrativa do crime. Um veículo Fiat Palio de cor branca teria sido usado para atropelar a vítima duas vezes antes de se evadir sem prestar socorro. A Polícia Civil descobriu que a vítima possuía dependência química e confirmou que o eletrodoméstico havia sido furtado da morada do padrasto do acusado, situada em Três Coroas.

A investigação levou os policiais ao filho do proprietário da televisão furtada, que dirigia um automóvel correspondente à descrição fornecida pelas testemunhas. O suspeito foi localizado em seu local de trabalho e ali mesmo confessou o delito, apontando o furto como a razão para sua ação letal.

Porto Alegre 24 horas
Compartilhar
Publicidade
Publicidade