PUBLICIDADE

Professora que morreu em creche de MG recebe Ordem do Mérito

8 out 2017 18h12
| atualizado às 19h20
ver comentários
Publicidade
Foto: Reprodução

O presidente Michel Temer concedeu a Ordem Nacional do Mérito à professora Heley Abreu Batista, de 43 anos, que ajudou no resgate das crianças que sobreviveram ao ataque a uma creche de Janaúba (MG) nesta semana. A honraria será concedida em homenagem ao ato de heroísmo da professora, que não sobreviveu às queimaduras e morreu ao tentar salvar os alunos. 

Em nota, a Presidência da República informou que a honraria é concedida a pessoas que deram exemplos de dedicação ao país. "Este é o caso da professora Heley Batista, que sacrificou sua própria vida para salvar a vida de seus alunos, em um gesto de coragem e de heroísmo que emocionou a todos", diz a nota.

Na manhã da última quinta-feira (5), um vigia que trabalhava na creche Gente Inocente e estava de licença médica entrou no local e ateou fogo em crianças, professoras e nele mesmo.

Até o momento, foram registradas dez mortes, oito delas crianças. Também morreram a professora Heley e o vigia que ateou fogo no local. Ainda há 25 vítimas internadas em hospitais de Janaúba, Montes Claros e Belo Horizonte.

Neste domingo, mais duas crianças que sobreviveram ao ataque a uma creche de Janaúba (MG) receberam alta médica hoje (8). Os alunos Ludmila Cristine Ferreira Silva, de 6 anos, e Arthur Gabriel Soares, 4 anos, estavam internados desde quinta-feira (5) em hospitais de Montes Claros após sofrerem queimaduras.

Agência Brasil Agência Brasil
Publicidade
Publicidade